;

Header Ads

TSE proíbe candidatos de usarem serviços de telemarketing para pedir votos a eleitores

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) proibiu os candidatos que disputam a eleição de 2014 de usarem serviços de telemarketing para pedir votos aos eleitores. Ainda de acordo com o TSE, os candidatos também não poderão utilizar os nomes durante a campanha relacionado as autarquias ou órgãos públicos em que trabalhem ou representem. Ao definir as regras, os ministros do TSE determinaram que os partidos só podem substituir os candidatos 20 dias antes da eleição. O prazo, até então, era de 24 horas antes do pleito.

Ainda será obrigatório que a propaganda eleitoral e os debates na TV sejam transmitidos com legenda ou na Língua Brasileira de Sinais (Libras), para facilitar a compreensão por pessoas com deficiência. O TSE reafirmou que o candidato só pode financiar a campanha com recursos próprios com até 50% do próprio patrimônio. As medidas foram apresentadas pelo ministro Dias Toffoli, com objetivo de disciplinar as regras para as eleições deste ano.

Em 2013, a Corte eleitoral decidiu que o voto em trânsito passará a valer nas eleições deste ano nas cidades com mais de 200 mil eleitores.

05/03/14
╝ Leia também:
PSD e PSDB se aliam para disputar governo do estado Propaganda eleitoral terá início dia 6 de julho, prevê legislação Eleitor tem até o dia 7 de maio para tirar ou transferir título

Nenhum comentário