-->

Comerciantes de Lavras criticam realização de feira itinerante na cidade

imagem ilustrativa
A realização de uma feira itinerante na cidade, a Feira de Malhas e Companhia, que está sendo realizada no ginásio do Lavras Tênis Club, tem provocado a revolta de comerciantes da cidade. A feira, que começou no o dia 1º maio, está programada para ficar na cidade até o dia 11 mas empresários lavrenses questionam se ela cumpre uma lei municipal de 1995 que regulamenta a realização desse tipo de evento no município.

A Associação Comercial, Industrial e de Prestadores de Serviço de Lavras (ACIL) tem tentado, de todas as formas legais, impedir essas feiras, alegando "concorrência desleal". A ACIL avalia que os preços mais baixos cobrados pelos produtos são devido os feirantes não terem cargas tributárias a cumprirem e nem outras despesas, como as impostas pela CLT entre outros.

Muitas vezes as pessoas são iludidas com o preço mas a diferença está justamente na forma como é realizada a feira. Porque eles deixam de arrecadar impostos, arrecada lá um alvará que é o mínimo pro município, mas pegam mercadoria de outra estação e isso fica uma concorrência desleal pra quem está estabelecido no município, pagando imposto, pagando aluguel e, principalmente, gerando emprego em nossa cidade”, disse o presidente da associação, José Eustáquio Cardoso, em entrevista à rádio Cultura.

Segundo Cardoso, os 700 associados da ACIL geram em torno de 16 mil empregos. “Então tem um lado social das empresas estabelecidas em Lavras. E a qualidade da mercadoria as pessoas conhecem, sabem onde reclamar, sabem que podem trocar, o que não acontece com essas feiras”, disse.

07/05/14

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
11 Comentário(s)

11 comentários:

  1. Solange20:28

    A feira que teve na Ferroviária tava melhor que essa ai. Não gostei não, ta tudo mais caro que na outra.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo21:25

    Na semana do dia das mães, considerado o segundo natal para os comerciantes, o prefeito autoriza a vinda de uma feira itinerante pra ferrar os comerciantes da cidade. Muito bom. Lavras Pode Mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo09:24

      Ainda bem, porque aí nós pobres podemos comprar um presente melhor pras nossas mães sem cair nas mãos desses preços absurdos das lojas de Lavras.

      Excluir
    2. Anônimo09:29

      LEI DA OFERTA E PROCURA. BOA VIU PREFEITO, ISSO MESMO, QUEM SABE ASSIM OS COMERCIANTES DA NOSSA CIDADE PROMOVEM MAIS OFERTAS E PREÇOS MAIS JUSTOS!!! MUITO BOM, QUEREMOS MAIS FEIRAS EM LAVRAS!

      Excluir
  3. Márcio Nilo07:53

    Toda vez que tem feira na cidade é essa choradeira. Todo lugar tem por que em Lavras não pode? que besteira!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo08:51

      Os comerciantes de Lavras só querem é encher os bolsos, tem lojas que cobram preços absurdos, eles querem lucrar mais de 100% em cima da gente, bem feito quem manda explorar, deveria ter feira sempre!! Ha-ha-ha adooooooroooo!!!

      Excluir
    2. Anônimo09:24

      Porque Lavras quer ser a terra dos monopólios. Antes tinha um supermercado só e diziam que era bom. Agora tem vários e a concorrencia é boa para o povo. Comerciante é a mesma coisa, quer vender mais caro e quem paga é o povo. Feira é bom, quem quiser que baixe os preços pra concorrer.

      Excluir
    3. Anônimo10:54

      Pura verdade!!!! cidade de coronéis!! tem que acabar...que venham mais feiras!! mais concorrência...melhores preços!!! que melhore a cidade!! vejam o que aconteceu com os supermercados?? melhorou não foi?? concorrência beneficia tudo!! inclusive essa roça aqui!!

      Excluir
  4. Anônimo11:33

    O monopólio existe também na UFLA onde simulam concursos para ocupar vagas de professores e outros cargos, mas dão as vagas para os seus protegidos, dando falsas esperanças para os candidatos e despesas. Sugiro que onde houver o tal "professor substituto"
    não haja concurso, pois a vaga é sempre dêle.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo06:49

    Essas feiras são de 5ª categoria, não é a mesma coisa quando vamos para as cidades das malhas... Monte Sião etc... são na verdade "sobras"...

    ResponderExcluir
  6. Anônimo08:32

    Muito bom essa feira em nossa cidade , pois os comerciantes de Lavras estão sem noção de preço querem lucrar 300% em cima da população , com preços ABSURDAMENTES caro...

    ResponderExcluir