-->

Especialista diz que estresse causa mau hálito; saiba como evitar problema

O estresse está associado a vários problemas de saúde dos tempos atuais. O mau hálito é um deles. Segundo especialistas, o estresse causa uma redução da produção de saliva e a atividade das glândulas salivares depende, entre outros fatores, do equilíbrio do Sistema Nervoso Central, que fica instável em situações de nervosismo. “A salivação baixa aumenta a formação da saburra lingual, uma placa branco-amarelada que fica na língua e acumula bactérias e células mortas. Isso contribui para a produção de gases que provocam o mau hálito”, explica Alênio Calil Mathias, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Estudos da Halitose (Sobrehali) e diretor do Centro de Excelência no Tratamento da Halitose (CETH).

Segundo o especialista, além de manter uma boa higiene bucal, a pessoa tem de adotar outros rituais. “É importante respeitar os intervalos de tempo entre as refeições, não ficar muito tempo sem beber água e mastigar bem e de forma correta os alimentos”, orienta Alênio. Ele ainda diz que problemas com alimentação são um dos principais responsáveis pelo mau hálito causado pelo estresse.

Alênio afirma que pessoas que têm o problema costumam se alimentar em intervalos longos entre as refeições, que deveriam ser de, no máximo, quatro horas. Ele informa que estes longos períodos sem comer levam à queda de açúcar no sangue. Em consequência, o organismo começa a queimar gordura, e essa queima também causa odores desagradáveis na boca. Informações do Terra.

08/05/14

╝ Leia também:
Saiba oito sintomasque indicam depressão Saiba 11 alimentos que ajudam a resolver inchaço na barriga Homens só se tornam adultos de verdade
aos 54 anos

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: