;

Header Ads

Prefeitura atualiza os números da dengue em Lavras

Nesta segunda-feira (06), a prefeitura de Lavras divulgou que 555 moradores do município contraíram a dengue este ano. Na semana passada eram 383. Outros 2080 casos foram notificados e aguardam o resultado definitivo. Os bairros com maior número de notificações até o momento são Cohab, Nossa Senhora de Lourdes e Lavrinhas.

Na próxima quarta-feira (08), a equipe da Vigilância em Saúde, departamento da Secretaria Municipal de Saúde, participará de uma capacitação para definir novas estratégias de enfrentamento à dengue no município. O encontro será realizado  no período da manhã na sede da Superintendência Regional de Saúde de Varginha. A programação conta com debates e oficinas sobre o tema.

O Comitê contra a Dengue, Chikungunya e Leishmaniose se reúne toda 6ª feira no auditório da Prefeitura para programar as próximas ações de combate à doença. Os mutirões seguem o cronograma semanal nos bairros, com visitas dos agentes de endemias às residências – quando recolhem entulhos e orientam moradores quanto às ações necessárias no combate ao mosquito. Até 9 de junho, mais sete bairros serão visitados.

Denúncia

Desde o final de fevereiro as reclamações sobre a dengue em Lavras não são mais recebidas pelo setor Dengue, da Vigilância em Saúde. Quem quiser fazer alguma denúncia deve ligar na Ouvidoria Municipal , o telefone é o 156.


Existe mais de um tipo de vírus da dengue?

Sim. São quatro tipos, sendo eles o DENV-I, DENV-II, DENV-III e DENV-IV. Com esses vírus, as pessoas que já foram infectadas podem novamente ficar doentes e desenvolver a forma grave da dengue que, se não for tratada, pode levar à morte.

Uma pessoa que já teve dengue pode pegar novamente?

Sim, isso é possível. Porém, a mesma pessoa nunca fica doente por causa do mesmo tipo de vírus, mas poderá ser contaminada pelas outras três espécies de vírus da dengue.


06/04/15

14 comentários:

  1. Raquel Fernandes7 de abril de 2015 09:29

    Era surto...virou epidemia....e agora o que será? calamidade pública? e a solução é culpar só o povo?? O prefeito precisa agir com mais eficiência! chega de blá blá blá, queremos atitude!

    ResponderExcluir
  2. Ah fala sério!! Alguém achou mesmo que o Silas ia ser um prefeito dinâmico, atuante, um homem de frente? que fosse sacudir essa cidade e botar ela nos trilhos? Com o outro da língua presa ja tava indo mal agora é que vai pro beleléu mesmo! e quer saber? ja vai tarde! se Deus quiser em setembro me mudo dessa cidade pra NUNCA mais voltar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. já vai tarde!!!

      Excluir
    2. Sai fora "aspone" do silascado!

      Excluir
    3. Não participo de nenhum dos dois grupelhos políticos de lavras, nem do silacado nem do tricassado. O primeiro, pelo menos não fez Trambique para se eleger a qualquer custo. Quando você muda?

      Excluir
  3. Respostas
    1. vai lá na prefeitura e tira o pião a laço.

      Excluir
  4. É obrigação do poder executivo municipal informar,se possivel,os casos de dengue na cidade,como é o brigação também combater essa doença.É sabido que essa doença não basta somente o poder público agir,combater,é um caso onde a ação da população é muito importante pois a irresponsabilidade de alguns poder ser um mal para muitos.
    Independente dos #voltaCherem ou dos #foraSilas eu quero é o bem de toda população de nossa cidade,para alguns desinformados ou até mesmo ignorantes DENGUE MATA.

    ResponderExcluir
  5. Até a secretária de saúde já abandonou o barco furado do Silas! é o caos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voc~e acha que ela é boba? Foge Bino! é uma SILADA! kkkk assim com "s" mesmo!

      Excluir
    2. Silada ou cilada, não interessa, fazer trambique para se eleger a qualquer custo isto sim é silada ou cilada (veja o sitio do TFE).

      Excluir