Polícia de Lavras investiga mortandade de peixes no rio Grande

A Polícia Ambiental de Lavras investiga a mortandade de uma grande quantidade de peixes no Rio Grande, próximo a Usina Hidrelétrica do Funil. Na manhã da última quinta-feira (10), os militares estiveram no local para apurar denúncias sobre o caso e foi realizada uma fiscalização, sendo constatada a veracidade das informações. Segundo a PM, a mortandade dos peixes teria ocorrido entre os dias 07 e 08 de março, porém, não foi possível, ainda, estimar o quantitativo de peixes mortos.

Polícia suspeita que problema no sistema de transposição tenha matado os peixes. Foto: PM divulgação

Segundo os responsáveis pela Usina Hidrelétrica do Funil, a suspeita é que o fato ocorreu devido a um problema no Sistema de Transposição de Peixes – STP, conhecido como elevador. Os órgãos ambientais SUPRAM SUL e NEA – Núcleo de Emergência Ambiental, foram informados e acionados.

Ainda de acordo com a Polícia Ambiental, serão elaborados laudos técnicos e periciais acerca do fato, bem como um relatório investigativo interno por parte dos responsáveis técnicos da Usina do Funil. Após a avaliação da extensão do dano ambiental, a Polícia Militar do Meio Ambiente, junto com os demais órgãos ambientais, aplicará as medidas penais e administrativas pertinentes ao caso.

11/03/16
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem