-->

Servidor estadual terá mais prazo para o pagamento do IPVA 2019


Servidor estadual terá mais prazo para o pagamento do IPVA 2018
A SEF/MG, em continuidade ao Programa de Educação Fiscal informa que o pagamento do IPVA 2019 para os servidores públicos do Poder Executivo Estadual poderá ser feito até o dia 30 de abril de 2019. A medida, estabelecida pelo Decreto 47.593/2018, de 28 de dezembro de 2018, em função do não pagamento do 13º pelo governo anterior, abrange os servidores militares e civis, ativos ou inativos, e pensionistas. Vale ressaltar que o veículo deverá estar em nome do servidor.

O pagamento poderá ser feito em cota única, com o desconto de 3%, até 30/04/2019, ou em até três parcelas - sem o desconto. Em caso de parcelamento, o pagamento das parcelas poderá ser feito em qualquer data, respeitando o limite de 30/04/2019.

Para efetuar o pagamento, basta o servidor se dirigir a um agente arrecadador (bancos credenciados) e apresentar o número do Renavam do veículo ou emitir a guia de arrecadação no site da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais.

Neste primeiro momento, os agentes arrecadadores estão atualizando a base de dados. Portanto, o servidor deve observar se a data de vencimento está alterada. Caso a data ainda não esteja atualizada no sistema do banco, o servidor deverá optar por emitir a guia no site da SEF/MG, que já contempla o novo prazo de vencimento.

A Secretaria de Fazenda alerta que a prorrogação não abrange a Taxa de Licenciamento (TRLAV 2019) cujo vencimento permanece para o próximo 1º de abril. Já o Seguro Obrigatório (DPVAT) vence em 30 de abril.

Mais informações poderão ser obtidas na AF Lavras na Rua Raul Soares, 153, telefone 38211700. Horário de atendimento: 9 às 11 e 13 às 17 h.

14/01/19

Gostou? Então compartilhe!

Tags: ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: