;

Header Ads

MEC reconhece a qualidade do curso de Engenharia Elétrica em Nepomuceno

MEC reconhece a qualidade do curso de Engenharia Elétrica em Nepomuceno

Foi oficializado, no dia 8 de maio, o processo de reconhecimento da Graduação em Engenharia Elétrica do campus Nepomuceno do CEFET-MG. Em uma escala de 0 a 5, o curso, considerado muito bom, obteve nota 4 do Ministério da Educação.

A nota foi obtida após a visita in loco de representantes do MEC ao campus, nos dias 1 e 2 de abril. Durante esse processo, foram analisados 36 indicadores, distribuídos em três dimensões: organização
didático-pedagógica, corpo docente e infraestrutura.

De acordo com a Diretoria de Graduação, que acompanhou de perto o processo, alguns itens alcançaram a nota máxima dos avaliadores: conteúdos curriculares de formação geral e de caráter optativo, que estimulam a formação de uma consciência social, ética e moral dos alunos; política de apoio ao discente, que fomenta a participação dos estudantes em projetos de extensão; o Núcleo Docente Estruturante do Curso (NDE), com destaque para a qualificação dos professores; além da
infraestrutura, que contempla a qualidade de laboratórios didáticos de formação específica e de informática.

"Este reconhecimento é de suma importância para o campus, bem como para a cidade de Nepomuceno e região, pois reflete o compromisso do CEFET-MG em ofertar ensino público, gratuito e com excelência de qualidade, cumprindo desta forma sua função social e contribuindo para
o desenvolvimento científico, tecnológico e acadêmico do país", destaca o diretor do campus, professor Reginaldo Barbosa, que aponta, também, a importância de toda a comunidade acadêmica (servidores, alunos e diretorias geral e de graduação) para o resultado positivo do
processo avaliativo.

Engenharia Elétrica em Nepomuceno

Semestralmente, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), são ofertadas 40 vagas no bacharelado em Engenharia Elétrica no campus Nepomuceno do CEFET-MG. O primeiro ingresso de alunos aconteceu no 1º semestre de 2015.

O profissional formado pelo curso pode atuar no campo industrial e empresarial, bem como em instituições de ensino, pesquisa e desenvolvimento, envolvendo as áreas afins da Engenharia Elétrica:
sistemas de energia elétrica, qualidade, conservação e eficiência de energia, automação e controle de processos, instrumentação, microeletrônica e telecomunicações.

29/05/19

Nenhum comentário