;

Header Ads

Lavras fechou agosto com saldo negativo de emprego

Lavras fechou agosto com saldo negativo de emprego

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na tarde desta quarta-feira (25), mostram que a geração de emprego teve desempenho negativo em Lavras ao longo do mês de agosto. O período fechou com saldo -124  empregos, resultado de 730 contratações contra 854 demissões.

No acumulado do ano, ou seja o saldo entre os meses de janeiro a agosto, o saldo de trabalhadores com carteira assinada na cidade está negativo em 38 postos de trabalho. Se observados os últimos 12 meses, o resultado também está no vermelho com saldo negativo de - 294 empregos.

Entre os principais setores da economia, apenas dois tiveram saldo positivo de emprego em Lavras. O melhor resultado ficou com o setor da construção civil que fechou o mês de agosto com saldo positivo de 40 empregos criados, resultado de 113 admissões contra 73 desligamentos. O outro resultado positivo foi registrado no setor de servições com 337 contratações contra 314 desligamentos, saldo de 23 empregos.

Lavras fechou agosto com saldo negativo de emprego

Brasil

Pelo quinto mês consecutivo, o Brasil teve um saldo positivo na geração de emprego formal. Em agosto, o número de vagas adicionais no mercado de trabalho foi 121.387, que é o saldo positivo decorrente 1.382.407 admissões e de 1.261.020 desligamentos.

O resultado de agosto representa uma variação de 0,31% em relação ao mês anterior. Foi o melhor resultado para o mês de agosto desde 2013, segundo os números. No acumulado de 2019 foram criados 593.467 novos postos, com variação de 1,55% do estoque do ano anterior. No mesmo período de 2018 houve crescimento de 568.551 empregos.

Entre os principais setores da economia, quatro tiveram saldo positivo de emprego e em dois houve mais fechamento de vagas no mês encerrado em agosto. Lidera o número de empregos gerados a área de serviços (61.730 postos), seguida por comércio (23.626), indústria de transformação (19.517), construção civil (17.306), administração pública (1.391) e extrativa mineral (1.235). Apresentaram saldo negativo a agropecuária (-3.341 postos) e os serviços industriais de utilidade pública/SIUP (-77 postos).

Nenhum comentário