;

Header Ads

CEFET- MG iniciará atividades presenciais em Campo Belo em 2020


O CEFET-MG e a Prefeitura de Campo Belo, com a participação da Fundação de Apoio à Educação e Desenvolvimento Tecnológico de Minas Gerais, formalizaram, no dia 18 de dezembro, o Termo de Execução de Projeto para promover e apoiar a oferta na cidade dos cursos técnicos de Edificações, Informática e Mecatrônica, na modalidade concomitância externa.

Participaram da celebração do Termo o diretor-geral do CEFET-MG, professor Flávio Santos; a vice-diretora do CEFET-MG, professora Celeste Costa; o prefeito de Campo Belo, Alisson de Assis Carvalho; o vice-prefeito, Adalberto Ribeiro Lopes; a secretária de Educação, Rosana Junqueira; o diretor de Extensão do CEFET-MG, professor Flávio Cardeal; o presidente da Fundação, professor Paulo Almeida; o vereador e representante da Superintendência Regional de Ensino de Campo Belo, Robson Antônio Massote; o prefeito da cidade de Cristais, Djalma Francisco Carvalho; e o coordenador do projeto, professor João Paulo Machado.

A modalidade concomitância externa é voltada para alunos que estão cursando o ensino médio em outra instituição. Os cursos serão ofertados no antigo prédio da Superintendência de Ensino, construído em 1966. Segundo o coordenador do projeto, professor João Paulo Machado, o processo seletivo irá acontecer semestralmente e as aulas começam no primeiro semestre de 2020. Serão ofertadas 36 vagas por curso e a previsão é que, em dois anos, estejam cursando 432 alunos.

De acordo com o termo assinado, o CEFET-MG tem a responsabilidade de prestar apoio técnico e pedagógico para a criação e o desenvolvimento das atividades no Centro de Formação Profissional de Campo Belo, além da certificação dos alunos.

A cidade já conta com um polo de ensino a distância (EAD) do CEFET-MG e atende 150 estudantes nos cursos de Eletroeletrônica, Informática para Internet e Meio Ambiente, todos gratuitos e com duração de dois anos. Campo Belo é cidade-polo para muitos municípios localizados num raio de 35 km, como Cristais, Aguanil, Candeias, Santana do Jacaré e Cana Verde, que também irão se beneficiar com a iniciativa.

Nenhum comentário