;

Header Ads

Lavras registra saldo de 175 empregos em novembro

Lavras registra saldo de 175 empregos em novembro

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontam que Lavras abriu 175 vagas de emprego formal em novembro. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (19) pelo Ministério do Trabalho.

Conforme os dados apresentados pelo Caged, foram abertos 782 postos de emprego em Lavras no mês de novembro, enquanto outros 607 foram fechados no mesmo período. O setor que mais fechou postos de trabalho foi o de serviços com 228 vagas a menos.

O setor que apresentou melhor desempenho no mês de novembro foi o comércio com saldo de 111 novas vagas de emprego formal, reflexo do período de final de ano ( Dias das Crianças, Black Friday, Natal).
Confira, no quadro abaixo, a evolução do emprego formal em Lavras no mês de novembro.


EVOLUÇÃO DO EMPREGO FORMAL EM LAVRAS - NOVEMBRO/2019
SETORES
TOTAL ADMIS.
TOTAL DESLIG.
SALDO
VARIAC. EMPR % *
EXTRATIVA MINERAL
0
1
-1
-1,06
INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO
100
79
21
0,49
SERV INDUST DE UTIL PÚBLICA
1
1
0
0,00
CONSTRUÇÃO CIVIL
69
67
2
0,19
COMÉRCIO
288
177
111
1,87
SERVIÇOS
272
228
44
0,46
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
0
0
0
0,00
AGROPECUÁRIA
52
54
-2
-0,19
TOTAL
782
607
175
0,79


Brasil

Puxado pelo bom desempenho dos setores de comércio e serviços, o mercado de trabalho brasileiro criou 99.232 empregos com carteira assinada em novembro, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia. Esse foi o oitavo mês consecutivo de abertura de vagas formais e o melhor resultado para novembro desde 2010.

O saldo de novembro decorre de 1,2 milhão de admissões e 1,1 milhão de demissões. Em novembro do ano passado, houve abertura líquida de 58,6 mil vagas, na série sem ajustes.

No acumulado de janeiro a novembro de 2019, o saldo do Caged foi positivo em 948 mil vagas, o melhor desempenho para o período desde 2013, quando a abertura de vagas chegou a 1,5 milhão, na série com ajustes. Em 12 meses até novembro, houve abertura de 605 mil postos de trabalho.

Setores

O resultado do mês foi puxado pelo comércio, que gerou 106.834 postos formais, seguido pelo de serviços, que abriu 44.287 vagas de trabalho. Já os serviços industriais de utilidade pública abriram 419 vagas em novembro.

A indústria fechou 24.815 vagas, seguida por agropecuária (-19.161), construção civil (-7.390), administração pública (-652) e extração mineral (-290).


Nenhum comentário