;

Header Ads

Zema diz que Minas gasta R$ 100 milhões por ano com conta de água de presídios

Zema diz que Minas gasta R$ 100 milhões por ano com conta de água de presídios

O governador Romeu Zema (Novo) afirmou nesta segunda-feira(02), que o estado gasta cerca de R$ 100 milhões por ano com as contas de água dos presídios. Para reduzir os custos, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) anunciou na sexta-feira (29) que a partir desse domingo (1º) a água está disponível 6 horas por dia nas penitenciárias.

“O recurso está muito curto. Quem sabe vamos descobrir canos furados. É uma medida preliminar ainda”, explicou o governador, que ressaltou que cada detento gasta, em média, quase o dobro de água de um cidadão em liberdade. Conforme a Sejusp, a diferença é de 88%.

Atualmente, o estado tem 72 mil presos em 197 unidades. Zema disse não temer uma revolta dos presidiários.


“Estamos fazendo com o maior critério, está sendo acompanhado, monitorado, eu diria que não é nem dia a dia, é hora a hora. E, com toda certeza, nós devemos descobrir que alguns presídios, até por serem construções antigas, devem ter vazamento de água, devem ter uma série de ineficiências que essa medida vai fazer aflorar”, disse o governador.


As declarações foram dadas em solenidade na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, onde o governador lançou o decreto do Programa Estadual de Conversão de Multas Ambientais, em que até 50% do valor das infrações podem ser pagos com o financiamento de projetos de recuperação ambiental.

Nenhum comentário