;

Header Ads

Minas já registra 44 mortes em decorrência das chuvas

Minas Gerais já registra 37 mortes em decorrência das chuvas
Muro e parte de quintal de casa desabam em bairro de Belo Horizonte Divulgação/Defesa Civil/BH

A Defesa Civil de Minas Gerais atualizou na noite deste domingo o número de óbitos relativos às chuvas no estado. São 44 mortos e 19 desaparecidos. Além disso, o estado possui 3.354 desabrigados (que ficarão em abrigos), e 13.887 desalojados (que ficarão em casas de amigos e parentes)

Belo Horizonte é a cidade com o maior número de mortos (13), seguido por Betim (seis) e Ibirité (cinco).

Após sobrevoarem cidades da região metropolitana atingidas pelas chuvas, o governador Romeu Zema e o ministro da Integração Regional, Gustavo Canuto, divulgaram, neste domingo, as medidas imediatas que serão tomadas para minimizar a situação do estado, atingido pelas chuvas. São elas: antecipação da Bolsa Família e do FGTS, e a utilização do Sistema Único de Assistência Social.

De acordo com Canuto, os municípios devem agora fazer um levantamento da demanda e apresentar um projeto para que seja liberado o recurso. “Neste momento o mais importante é que a burocracia não possa impedir que os recursos cheguem e as famílias possam ser atendidas. O prioritário agora é a assistência e o socorro”, disse.

Conforme o ministro, o governo federal possui, hoje, R$ 90 milhões disponíveis para liberação imediata aos municípios atingidos por chuvas. Ele ressaltou que uma quantia maior pode ser obtida, caso necessário. “A gente precisa levar ajuda para aqueles que perderam tudo. É importantíssimo que os prefeitos possam nos apresentar essas demandas para que o governo federal possa repassar os recursos”, explica.

O governo de Minas decretou no sábado situação de emergência em 47 cidades mineiras, que sofrem com as consequências das chuvas, principalmente os municípios que registraram mortes. Na lista, está Belo Horizonte e cidades da região metropolitana, como Contagem, Betim, Brumadinho, Caeté, Raposas e Nova Lima.

Nenhum comentário