;

Header Ads

Policia Ambiental de Lavras apreende pescado ilegal

Policia Ambiental de Lavras apreende pescado ilegal
Motocicleta usada pelos pescadores foi abandonada durante a fuga. Fotos: Polícia Militar do Meio Ambiente.

A Polícia Militar do Meio Ambiente mantem constante patrulhamento na região, prevenindo crimes ambientais e demais atitudes que coloquem a sociedade e o meio ambiente em risco. Durante o patrulhamento pela área interditada da Usina Hidrelétrica do Funil, na tarde desta quarta-feira (08), os policiais depararam com dois indivíduos praticando pesca ilegal na Ilha das Garças em Ribeirão Vermelho.

Ao perceber presença dos policiais militares, a dupla empreendeu fuga em uma motocicleta. Um dos suspeitos já é conhecido da Polícia Militar do Meio Ambiente por reiterada prática de crime ambiental, o que possibilitou a sua identificação, mesmo os dois tendo conseguido fugir pela mata.

No local, os autores abandonaram 15kg de peixe “dourado” (Salminus brasiliensis), dois molinetes, um caniço simples e um colete salva-vidas e a motocicleta.

Policia Ambiental de Lavras apreende pescado ilegal

Os materiais (foto) foram apreendidos, sendo encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Lavras. O pescado foi descartado por não estar mais apropriado ao consumo humano. Foram lavrados 3 autos de infração ambiental em desfavor do autor.

Confira o que fica proibido durante o período da piracema:

  • Pesca a menos de 500 metros de confluências e desembocaduras de rios, lagos, canais e tubulações de esgoto; até 1500 metros a montante e jusante das barragens de reservatórios de usinas hidrelétricas e de mecanismos de transposição de peixes; até 1500 metros a montante e jusante de cachoeiras e corredeiras; até 500 metros a jusante dos demais barramentos;
  • Captura, transporte e armazenamento de espécies de peixes nativos da bacia hidrográfica dos Rios Grande.
  • Uso de trapiche ou plataforma flutuante de qualquer natureza;
  • Pesca subaquática e uso de materiais perfurantes, tais como: arpão, arbalete, fisga, bicheiro e lança.
  • Realização de competições de pesca, tais como: torneios, gincanas e campeonatos, exceto àqueles autorizados pelos órgãos ambientais competentes.
  • Pesca no Rio Grande, no trecho compreendido entre a ponte rodoferroviária do município de Ribeirão Vermelho e o barramento da Usina Hidrelétrica de Camargos.

Quem souber de um crime de pesca predatório e ilegal pode entrar em contato com o Pelotão Ambiental de Lavras através do telefone (35)3829-2123 ou pelo email pelmamblavras@gmail.com

* Com informações da Ascom Policial Militar

Nenhum comentário