;

Header Ads

Saúde aponta tendência de estabilização da covid-19 no estado

Quadro ainda indica necessidade e reforço das medidas de prevenção à doença

Saúde aponta tendência de estabilização da covid-19 no estado

Em coletiva virtual nesta segunda-feira (20), o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Carlos Eduardo Amaral, apresentou a situação da covid-19 no estado e falou sobre a tendência de estabilização na curva de contágio, taxa de ocupação de leitos e outros dados estatísticos. Até o momento, o estado registrou 94.132 casos confirmados da doença; 66.369 pessoas se recuperaram e houve 2.004 óbitos.

Amaral reforçou que uma possível estabilidade não diminui a importância de manter os cuidados de prevenção à covid-19.

 Taxas

De acordo com o secretário, no momento observa-se uma tendência de estabilização tanto na taxa de ocupação de leitos do estado, quanto na data de ocorrência dos óbitos.

“Há cerca de uma semana, observamos uma flutuação no número de ocupação de leitos que indica tendência de estabilidade. Quando analisamos a data dos óbitos, que é diferente da data da confirmação das mortes, também identificamos uma propensão à estabilização. Isso significa que realmente há uma tendência a não termos um pico”, detalha o secretário.


Ele explicou a importância da não ocorrência de um pico de casos da covid-19 em Minas Gerais.

 “Nosso objetivo era buscar uma redução das taxas de transmissão de forma que não houvesse uma explosão no número de casos e, consequentemente, de óbitos por desassistência. Nesse contexto, acho muito importante essa previsão de estabilidade nos índices”, afirma o secretário Carlos Amaral.


Anticorpos

O secretário ressaltou, ainda, que o número de pessoas com anticorpos necessários ou imunes à covid-19 é pequeno no estado. Com isso, ainda não há uma expectativa de diminuição na transmissão da doença nas cidades mineiras. “Nós precisamos acompanhar a evolução, porque somente quando tivermos um número significativo de pessoas com anticorpos poderemos vir a ter o que se chama de imunidade de manada, diminuindo a transmissão interpessoal”, destacou.

Já o secretário adjunto de Estado da SES-MG, Marcelo Cabral, ressaltou que o objetivo agora é manter os esforços para conduzir a situação da melhor maneira possível. E voltou a dizer que a colaboração da população na batalha contra a doença é  fundamental. “Contamos com o esforço da população em relação a manutenção do distanciamento social, das medidas de higiene e proteção individual”.

 Vacina

A possibilidade da chegada de uma vacina para prevenção da covid-19 também foi abordada por Amaral. “A tendência é de que tenhamos uma vacina. Entretanto, é importante destacar que esse processo ainda pode levar um tempo, já que toda vacina precisa passar pelo processo científico que comprove sua eficácia e eficiência, antes de ser produzida".

Saúde Digital MG - Covid19 é uma plataforma para auxiliar na autoavaliação de saúde com foco no coronavírus, oferecendo direcionamento para acesso à rede de Saúde do Estado. O aplicativo está disponível para download no Google Play (Android) e na App Store (iOS).

Nenhum comentário