Secretário de Estado de Saúde esteve em Lavras

Secretário de Estado de Saúde esteve em Lavras
Foto: Fábio Marchetto

Lavras recebeu, na última sexta-feira (6/), a visita do secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, e sua equipe, com o objetivo de conhecer as obras do Hospital Universitário da Universidade Federal de Lavras (UFLA), que está sendo construído na cidade; além do Laboratório LabCovid do Departamento de Ciências da Saúde da Universidade, estruturado para a realização de testes moleculares para diagnóstico de infecção pelo novo Coronavírus.

Localizado nas dependências do Departamento de Biologia da UFLA, o LabCovid atenderá a população da microrregião Lavras, que compreende os municípios de Carrancas, Ijaci, Ingaí, Itumirim, Itutinga, Lavras, Luminárias, Nepomuceno, Perdões e Ribeirão Vermelho, totalizando uma população de mais de 184 mil habitantes. A universidade pretende permanecer em parceria com a Fundação Ezequiel Dias (FUNED), após o período pandêmico, para que se possa expandir as análises do LabCovid para outros agravos. A estrutura física do laboratório tem salas de recepção de amostras; de paramentação; de análises PCR; de desparamentação e esterilização; banheiros e cabine de desinfecção.

O reitor da UFLA, João Chrysostomo de Resende; o vice-reitor, José Roberto Scolforo, e autoridades municipais guiaram a equipe da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) pela obra do Hospital Universitário da UFLA, que tem previsão de inauguração para o ano de 2022, em uma área de 6.762 metros quadrados, com 101 leitos clínicos do Sistema Único de Saúde (SUS), sendo 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O hospital foi idealizado para atender a diversas especialidades médicas e a demandas reprimidas identificadas mediante estudos e pesquisas, envolvendo os universitários dos cursos de Medicina, Nutrição e Educação Física.

O secretário, Carlos Eduardo, parabenizou toda a equipe envolvida na construção e estruturação do Hospital Universitário e ressaltou que tem ido a outras cidades do estado, juntamente com sua equipe, para conhecer obras que possuem o mesmo propósito: 


“Nosso desafio vem mudando de perfil mediante as mudanças de cenário epidemiológico que vem acontecendo; o que implica em novos ajustes. A política hospitalar que estamos promovendo busca uma entrega de valor à sociedade”, afirmou Carlos Eduardo.

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Ambiental e Saúde do Trabalhador, Monique Borsato Filardi, da Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Varginha, esteve presente e avaliou as duas instituições visitadas como “uma grande iniciativa e um ganho incomensurável para a população da região”, frisou.


Fonte: Ascom  Sec. Estadual de Saúde

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem