Minas recebe 630.550 doses de vacinas contra a covid-19

Minas recebe 630.550 doses de vacinas contra a covid-19

Minas Gerais recebeu, nesta quinta-feira (13), nova remessa com 630.550 doses de vacinas contra a covid-19, sendo 207.800 doses da CoronaVac e 422.750 doses da AstraZeneca. Esta é a 19ª distribuição de imunizantes enviados pelo Ministério da Saúde (MS), que deve ser destinada ao atendimento das pessoas em atraso com a segunda dose - no caso da CoronaVac – de acordo com a realidade de cada município; ou para completar, com a AstraZeneca, o esquema vacinal de idosos entre 65 e 69 anos (D2), 2% de dose 1 (D1) para pessoas com comorbidades e deficiência.


“As doses da CoronaVac que chegaram hoje devem ser usadas para a vacinação das pessoas que só tomaram a 1ª dose. É importante que aqueles que só receberam a primeira dose - mesmo que já ultrapassados os 28 dias de intervalo ideal recomendado pelo fabricante da CoronaVac - se encaminhem ao posto de saúde para receber a segunda dose da vacina. A imunidade é alcançada com a aplicação das duas doses”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti.


Logística

Os imunizantes chegaram na Central Estadual da Rede de Frio, em Belo Horizonte, e de lá serão distribuídos para as 28 Unidades Regionais de Saúde (URSs) a partir de segunda-feira (17/5). A logística de distribuição do 19º lote para as URSs segue diretrizes da maior operação de vacinação da história de Minas Gerais. Com esta remessa, o estado totaliza o recebimento de 8.660.890 doses de imunizantes contra a covid-19.

De acordo com Fábio Baccheretti, Minas Gerais tem melhorado sua performance na vacinação, conseguindo acelerar o processo de imunização da população por meio de uma distribuição ágil. “Atualmente, Minas ocupa, no cenário nacional, o 6º lugar em vacinação proporcional da população. Estamos subindo e o papel dos municípios é fundamental para este desempenho”, afirma o secretário.

A distribuição das doses pode ser acompanhada no site do Vacinômetro da SES-MG: coronavirus.saude.mg.gov.br/vacinometro. 


Fonte: Agência Minas

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem