Imposto de Renda: Mais de 17 mil contribuintes entregaram a declaração em Lavras

Imposto de Renda: Mais de 17 mil contribuintes entregaram a declaração em Lavras

A Receita Federal de Varginha informou que recebeu 366.104 declarações de Imposto de Renda 2021, referentes ao ano-base 2020 no Sul de Minas.  Em Lavras foram entregues 17.049.

Em todo o país, a  Receita Federal recebeu 34.168.569 declarações.

Em Minas Gerais foram entregues 3.229.081 declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2021, ano-base 2020 o que corresponde a 9,46% do total Brasil. 

 Em entrevista coletiva, o secretário especial da Receita Federal do Brasil, auditor-fiscal José Tostes, afirmou que a entrega das declarações do IRPF 2021 ocorreu “dentro da normalidade e sem intercorrências”.  O secretário destacou a importância da parceria do órgão com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), que possibilitou a recepção de mais de 2.500 declarações por minuto no último dia do prazo.

Confira como foi a entrega nas principais cidades do Sul de Minas:

ALFENAS 11.650

CAMPO BELO 5.622

GUAXUPE 7.893

ITAJUBA 17.113

LAVRAS 17.049

PASSOS 16.246

POCOS DE CALDAS 33.372

EXTREMA 6.508

POUSO ALEGRE 28.927

SANTA RITA DO SAPUCAI 6.574

SAO LOURENCO 7.477

SAO SEBASTIAO DO PARAISO 10.697

TRES CORACOES 9.951

TRES PONTAS 7.312

VARGINHA 25.148


Entrega em atraso

Quem não entregou a declaração do IRPF poderá fazê-lo a partir de hoje, 1º de junho. A Receita alerta que os contribuintes que perderem o prazo estão sujeitos ao pagamento de multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido, caso enviem a declaração antes de ser iniciada uma fiscalização pelo órgão. Se a fiscalização for iniciada, a multa gerada pelo lançamento de ofício, podendo chegar a até 150% do imposto devido. Por isso, é importante que, mesmo passado o prazo, o contribuinte envie sua declaração através do programa disponível no site da Receita Federal. (www.gov.br/receitafederal). 


 Restituição  

Já teve início o pagamento das restituições do IRPF para os cidadãos com prioridades previstas em lei e parte daqueles que enviaram suas declarações antes do prazo final. Hoje foi liberado o maior valor em lote de restituição da história: são 6 bilhões de reais restituídos a cerca de 3,4 milhões de contribuintes. Desses: cerca de 2,2 milhões para cidadãos acima de 60 anos, 128 mil para cidadãos com deficiência ou moléstia grave, 891 mil para cidadãos que tem a maior parte da sua renda proveniente do magistério e outros 264 mil não prioritários.  

Outros quatro lotes serão liberados no último dia de cada mês, somando um total de R$ 23,6 bilhões.  

 

Fundos da Criança e do Idoso  

Até 6% do imposto devido por ano podem ser destinados a estes fundos sem que o contribuinte pague um valor maior de imposto ou tenha o valor de sua restituição diminuído. O mecanismo na prática apenas permite que parte do imposto devido seja destinado diretamente para um fundo social de sua localidade. O cidadão também pode optar por destinar a verba para os fundos estaduais ou para os fundos nacionais.

Vale ressaltar que a doação aos fundos não precisar ser realizada apenas no momento da declaração do IRPF, podendo ser realizada a qualquer momento do ano e informada na declaração posterior. O cidadão que quiser mais informações sobre como destinar parte de seu imposto de renda devido pode acessar o site da Receita Federal, e clicar em “Meu Imposto de Renda”, “Destinação do Imposto de Renda”, ou clicar neste link.  

A Receita Federal destaca que o Imposto de Renda tem importância social e interfere diretamente no bem-estar da população brasileira. É por meio dele que a União investe, por exemplo, em segurança pública, educação, saúde, infraestrutura, cultura e moradia. 

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem