Secretário de Saúde afirma que a variante Delta já é a predominante em Minas

Secretário de Saúde afirma que a variante Delta já é a predominante em Minas

Minas Gerais já registrou 101 casos e duas mortes pela variante Delta da covid-19. A informação foi divulgada pelo Secretário Estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, durante coletiva nesta quinta-feira (26). 

De acordo com o secretário, a maioria das novas infecções registradas no estado já são da variante Delta, ou seja, aquelas pessoas que estão contraindo a doença pela primeira vez estão se infectando pela nova cepa. 

Ainda durante coletiva na Cidade Administrativa, Baccheretti esclareceu que Minas realiza 200 exames semanais para analisar a presença de variantes nos municípios. Parte das amostras é coletada em pacientes reinfectados, onde o risco da presença de novas cepas é maior.

“Dentro das 200 amostras semanais, a delta vem crescendo em incidência. A maior parte delas, hoje, é da delta. Até então, a variante gama sempre foi predominante”, pontuou.

Na última semana haviam apenas 12 casos confirmados no estado, sendo cinco na macrorregião Centro, quatro na Sudeste, dois na Noroeste e um na macro Norte. Esse total correspondia a 0,4% das amostras mineiras. 


Situação da pandemia no Estado

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, as macrorregiões Triângulo do Norte e Nordeste progrediram para a onda verde do plano Minas Consciente, depois de autorização do Comitê Extraordinário Covid-19. Em todo o Estado, apenas a macrorregião do Triângulo do Sul permanece na Onda Amarela. 

A onda verde conta, ainda, com as macrorregiões Leste, Centro, Centro-Sul, Oeste, Sul, Sudeste, Vale do Aço, Jequitinhonha, Norte e Noroeste, que se mantiveram com bons indicadores de controle da covid-19 na última semana.

Fonte: Agência Minas

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem