;

Header Ads

Empresa é autuada por crime ambiental em Carrancas

Foram lavrados autos de infração para os envolvidos totalizando o valor de R$ 16.248,56.

Empresas foi multada por provocar assoreamento de curso d'agua. Fotos: PM divulgação.

Uma empresa multinacional que explora plantação de eucalipto, foi autuada pela Polícia Militar do Meio Ambiente pelo cometimento de crime ambiental após assorear um curso d’água no Complexo Santa Inês, considerado como Patrimônio Natural do município de Carrancas.

Segundo a PM, o assoreamento ocorreu mediante o carreamento de areia, terra e cascalho para o corpo hídrico, devido à manutenção da estrada que dá acesso ao empreendimento, que se localiza em área de serra.

A fiscalização, ocorrida no dia 20 de fevereiro de 2018, constatou também que houve intervenção em área de preservação permanente com o plantio e colheita de eucalipto a menos de 30 metros de curso d’água, bem como falsidade ideológica durante o processo administrativo junto ao IEF.

Ainda segundo os militares, foram lavrados autos de infração para os envolvidos totalizando o valor de R$ 16.248,56, sendo suspensas as atividades até regularização.

O município de Carrancas é conhecido pela vocação ao ecoturismo devido aos atrativos das belezas cênicas, históricas e preservacionistas, formado por cachoeiras, quedas d’água, serras e escrituras rupestres. Para sua preservação o município editou normas que visam a conservação deste patrimônio natural.

28/02/18

Nenhum comentário