-->

Controladoria Geral e Caixa Econômica fiscalizam obras em Lavras

Nesta semana, os conjuntos habitacionais Judith Cândido e Fonte Verde, empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida, receberam a visita de ficais da Controladoria Geral da União. A vistoria aconteceu em razão de uma solicitação da Caixa Econômica Federal – CEF. Os auditores, acompanhados por uma equipe de fiscais da Secretaria Municipal de Obras, averiguaram a situação atual das obras e a infraestrutura urbana existente, frente às exigências técnicas e legais a que estão sujeitos os empreendimentos financiados pelo Programa Minha Casa Minha Vida.

Fiscais da Controladoria Geral da União (CGU) vistoriaram conjunto residencial Fonte Verde

Em março deste ano uma fiscalização da Secretaria Municipal de Obras constatou problemas de infraestrutura nas obras do Residencial Fonte Verde, localizado às margens da BR 265, próximo ao trevo do Gato Preto. O assunto acabou sendo tratado numa reunião da Câmara Municipal de Lavras, com direito a troca de farpas entre a base aliada do prefeito Marcos Cherem e vereadores da oposição. O ex-prefeito Carlos Alberto Pereira, dono da empresa responsável pela edificação do conjunto habitacional, também foi câmara para rebater as críticas e defender a qualidade das obras.

Segundo a prefeitura, no caso do conjunto habitacional “Judith Cândido” houve denúncias relacionadas à utilização irregular das casas no residencial. A equipe da Controladoria Geral da União fará um relatório sobre a situação dos empreendimentos e em seguida, os relatórios deverão ser enviados para Brasília.

12/06/14

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários:

  1. Márcio Nilo11:53

    Esse tipo de coisa devia ser rotina. Gasta-se uma fortuna com essas obras e nada mais natural do que o governo fiscaliza-las afinal ele é que ta pagando por elas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo09:54

      Pois é CAP, foi fazer mal feito, agora...

      Excluir
  2. Anônimo16:16

    Mais uma palhaçada que não vai dar em nada. O plano é prejudicar a imagem do Carlos Alberto no caso do Fonte Verde e a Jussara no caso do Judith Candido. tsc tsc tsc

    ResponderExcluir
  3. Antonio10:23

    Já Que sao fiscais credenciados pede pra eles darem uma olhada na drenagem fds obra do século em Lavras, a duplicação do túnel da ZN.... A desconstrução moral dos políticos de oposição em Lavras e absurda, só os idiotas não vêem o Que esse governando amador quer.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo12:02

    Essa fiscalização deveria ser rotineira em todos os programas habitacionais da Caixa Econômica Federal mas essa fiscalização é uma manobra política da atual administração municipal visando as próximas eleições onde o irmão do prefeito concorre a reeleição.Essa fiscalização foi feita durante a administração passada e não houve esse estardalhaço.

    ResponderExcluir