TELEFONES PÚBLICOS SÃO ALVO DE RECLAMAÇÕES EM LAVRAS

A falta de telefones públicos em alguns pontos da cidade, causada por atos de vandalismo, e a deficiência de alguns aparelhos, estão sendo grande motivo de reclamações dos usuários da Telemar, que necessitam do serviço em Lavras. Em enquanto na periferia alguns moradores precisam andar quase um quilômetro para encontrar um telefone público, no Centro da cidade, o grande número de aparelhos, porém, não é sinônimo de comodidade. A maioria dos telefones não está funcionando corretamente.

De acordo com o proprietário de uma banca de jornal, localizada no centro da cidade, todos os dias aparecem pessoas reclamando das condições dos populares "orelhões". No local, em apenas um trecho da calçada, existem vários aparelhos à disposição da população, entretanto, periodicamente, alguns deles apresentam defeitos. "Tem aparelho que fica mudo. Outros engolem o cartão, ou consomem todas as unidades antes do tempo correto", disse o jornaleiro, ressaltando que, por vender cartões em sua banca, os usuários sempre a procuram para reclamar do problema.

No período do dia não se vêem vândalos danificando os aparelhos, o que é comum à noite, quando o movimento de pessoas no Centro é menor.

TELEMAR - De acordo com a Telemar, a maior causa de interrupção do serviço de telefonia são as ações de vândalos. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, isso ocorre, principalmente, nos orelhões da companhia.

A empresa não sabe, entretanto, quantos telefones sofreram atos de vandalismo. De acordo com a assessoria, em Lavras esses números chegam a 10%, mas vêm diminuindo graças a ações educativas da operadora, por meio de seus cartões telefônicos, além do remanejamento de telefones públicos para áreas mais resguardadas.

Para evitar qualquer irregularidade, a concessionária pede que a população comunique imediatamente, pelo número 104, qualquer ato de vandalismo em equipamento de uso público, ou então diretamente com a polícia. A empresa disponibiliza também o número 0800 2824 065.
Postagem Anterior Próxima Postagem