Aposentados de Lavras e Perdões participaram em Aparecida (SP) da tradicional missa que comemora o dia da categoria e cobra melhorias

Representantes da Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Lavras (AAPIL), participaram no último sábado (30) do principal evento, que marcou o início do movimento dos aposentados para 2011, na cidade de Aparecida do Norte (SP).

A AAPIL esteve presente com um grupo de aproximadamente 30 pessoas de Lavras e Perdões. Durante o evento foi divulgada a 'Carta de Aparecida', assinada pela Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap), entidade máxima de representação do segmento, bem como pelas Federações estaduais, inclusive esta Federação de Minas Gerais (FAP/MG), e Entidades de Base do movimento nacional dos segurados da previdência social pública.
Missa em Aparecida (SP) marcou o início da luta dos aposentados por seus direiros em 2011.
A "Carta de Aparecida 2011" contém as principais reivindicações da categoria. O foco este ano será a recomposição das perdas e a incorporação de reajustes maiores para os benefícios. Os aposentados pedem a derrubada do veto presidencial ao reajuste de 11,66%, que foi aprovado no Congresso Nacional em 2006.

Além disso, exigem também que os cerca de 8,5 milhões de benefícios com valor acima do piso do INSS tenham o mesmo índice de reajuste do salário mínimo. Pela regra em vigor, esses benefícios não têm aumento real, apenas a reposição da inflação, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

A estratégia das representações de aposentados e pensionistas para melhorar o índice de correção, agora reforçada pelas centrais sindicais, é a mesma do ano passado: bastante pressão para que o governo não tenha como vetar índice aprovado no Congresso.

31/01/11
Postagem Anterior Próxima Postagem