Projeto do Deputado lavrense Fábio Cherem obriga Casas Lotéricas a instalarem câmeras de segurança

As casas lotéricas em atividade em Minas Gerais deverão ser obrigadas a instalarem câmeras de vídeo com o objetivo de proteger os seus clientes da ação dos marginais que cada vez mais vêm atentando contra a segurança da população, notadamente em ambientes onde circula grande volume de recursos financeiros.

A obrigatoriedade nesse sentido está prevista em projeto de lei, de autoria do deputado lavrense  Fábio Cherem, que tramita na Assembleia Legislativa do Estado. Cada vez mais a população tem recorrido às casas lotéricas em busca de serviços antes realizados exclusivamente pelos bancos, como saques de benefícios, de valores, depósitos e pagamentos.

Com a circulação do grande volume diário de dinheiro nessas lotéricas, a população se tornou alvo fácil de bandidos que, com grande frequência assaltam esses estabelecimentos ou as pessoas que os utilizam. De acordo com dados da Assessoria de Consolidação de Informações da Secretaria de Estado de Defesa Social, em 2010 aconteceram 189 roubos a mão armada em casas lotéricas de Minas Gerais, contra 113 em 2009. Um aumento de mais de 67 por cento.

Só na Capital foram 25 roubos a mão armada no ano passado, número 78 por cento maior que no ano anterior, quando ocorreram 14 roubos a mão armada em Belo Horizonte. Em alguns casos, proprietários, funcionários e clientes chegaram a ficar sob a mira de revólveres.

Segurança Reforçada

Diante desse constante e crescente número de assaltos a casas lotéricas em Minas Gerais, o Deputado Fábio Cherem decidiu elaborar um projeto de lei obrigando as casas lotéricas de todo o Estado a instalar e manter, em funcionamento, câmeras de vídeo em sua área externa, na quantidade suficiente para abranger todo o seu entorno.

Segundo o Deputado, o incremento da segurança das casas lotéricas não foi capaz de acompanhar o crescimento dessas casas de jogos. “Apesar de ter conhecimento da exigência de itens de segurança como cofre, alarme e circuito fechado de TV, percebe-se que eles precisam, com urgência, de reforço, visando maior segurança da população. Os bandidos não podem se sentir à vontade para cometer crimes. Eles precisam saber que existe vigilância e se sentirem inibidos”.

Proteção 24 horas

Pelo projeto, o monitoramento deverá ser feito por meio de gravação dos locais a serem protegidos, nas 24 horas do dia, sendo que as imagens deverão ser salvas por um período de três meses e colocadas à disposição do poder público, especialmente das autoridades policiais, sempre que solicitadas. O Deputado lembra, ainda, que a instalação de câmeras de segurança na área externa das lotéricas vai facilitar as operações policiais no intuito de identificação e prisão dos bandidos. Na avaliação dele, os clientes contarão com mais um item de segurança para continuar utilizando os serviços oferecidos por essas instituições.

18/08/11

Postar um comentário

  1. Zé Afonso18/8/11 13:53

    Ta chovendo no molhado. as lotéricas já dispõe de sistemas de cameras de segurança o que, ja foi provado, não impede assaltos coisa nenhuma.

    ResponderExcluir
  2. deveria colocar vigilantes...

    ResponderExcluir
  3. em 8 meses de mandato, este deputado só apresentou isso. kkkk vai ser incompetente la na china. nao faz nada para a nossa cidade. ele poderia era colocar uma verba para a prefeitura comprar mais camaras para a vigilancia da cidade. isso sim ajudaria combater a criminalidade. este deputado e sua familia nunca mais terão meu voto

    ResponderExcluir
  4. Só falta o reizinho Chapiscus dizer que é perseguição politica.kkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. José Higino5/9/11 17:04

    Eiiiita Deputado bão sôh!!

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال