-->

Duplicação da Ponte Branca custará mais de 1 milhão

Duplicação da Ponte Branca custará mais de 1 milhão

A prefeitura de Lavras anunciou, para o dia 24 de setembro, o início da obra de duplicação da ponte sobre o leito ferroviário na Rua Naná Pádua Silva, conhecida como “Ponte Branca”, no bairro Cascalho. A obra, que deve ser concluída em até 9 meses, foi licitada pelo valor de R$ 1.289.521,71 milhão.

Segundo a prefeitura, será construída ao lado da ponte existente a outra ponte, elas serão emendadas e se transformarão numa única passagem, a ponte existente terá ganho na largura, pois os dois passeios estreitos serão demolidos, o que resultará num ganho de cerca de um metro na largura de sua pista de rolamento. A execução da obra exigirá mudança no trânsito e a interrupção do fluxo de veículos nas ruas Naná de Pádua e Avenida Michel Mansur.

Um novo passeio será construído no mesmo nível dos passeios das edificações da rua, fazendo com que os pedestres não tenham desvios em seu caminho como é hoje. Também haverá modificações no guarda-corpo da ponte, o existente tem cerca de 80 centímetros e o novo terá mais de dois metros de altura e no alto será curvo para dentro da ponte, isso para evitar que alguém suba no guarda-corpo. A estrutura é conhecida como “guarda-corpo anti-suicídio”.

A Construtora ganhadora da licitação recebeu do Departamento de Engenharia da Secretaria Municipal de Obras, um projeto básico e coube a ela a elaboração do projeto definitivo, que se encontra na FCA (Ferrovia Centro-Atlântica) para aprovação. A obra, que está fora da faixa de domínio da FCA, é uma obra de drenagem pluvial das cabeceiras da ponte, serão construídas galerias que vão captar a água de chuva e promover seu lançamento em local adequado, diferente do que existe hoje.

Reivindicação antiga

A duplicação da ponte é uma antiga reivindicação dos moradores dos bairros Cascalho, Vila Rica, Vila Alzira, dentre outros bairros da região. Seu local é estratégico, pois é uma opção para quem sai da zona sul e vai para a Universidade Federal de Lavras (Ufla) ou zona norte, por exemplo. O motorista segue pela Naná de Pádua até a avenida Álvaro Augusto Leite, depois segue até a Avenida Duque da Rocha que leva até o portão do SindUfla, no campus da Universidade, ou pode entrar na Perimetral já no bairro Nova Lavras. Assim, a melhoria vai contribuir para desafogar o trânsito na Avenida Sylvio Menicucci, trazendo benefícios para toda a cidade.

18/09/18

Gostou? Então compartilhe!

Tags: , , ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: