-->

Romeu Zema vence no Estado e em Lavras obteve 44% dos votos válidos

Romeu Zema vence no Estado e em Lavras obteve 44% dos votos válidos
Zema (Novo) e Anastasia (PSDB) disputarão 2º turno em MG — Foto: TV Globo

Com 18.394 votos em Lavras, o candidato Romeu Zema (Novo) ficou com 44,00% da preferência dos eleitores lavrenses e surpreendeu ao vencer em Minas Gerias também.  Já o candidato  Antonio Anastasia (PSDB) recebeu um total de 14.242 votos em Lavras, o equivalente a 34,06% dos votos válidos. Zema e Anastasia disputam 2º turno para o governo de MG

Na corrida eleitoral, as pesquisas apontavam o empresário Romeu Zema em terceiro lugar brigando pelo segundo turno contra Fernando Pimentel (PT). Em uma grande arrancada, principalmente após o debate na TV Globo Minas, Romeu deixou o líder Antônio Anastasia (PSDB) pra trás. Com 100% das urnas apuradas, Zema teve 4.138.905 votos (42,73% dos votos válidos) e Anastasia teve 2.814.466 votos (29,06%).

Fernando Pimentel (PT), que tentava a reeleição, ficou em terceiro na preferencia dos eleitores de Lavras com 6.266 votos, 14,99%. Adalclever Lopes recebeu 1.572 votos, 3,76%. 875 eleitores votaram em Dirlene Marques (PSOL), 108 em Jordano Metalúrgico (PSTU). Claudiney Dulim (AVANTE) teve apenas 49 votos e Alexandre Flach, do PCO, nenhum voto.

Propostas de Zema (Novo)

Durante a campanha, Zema se posicionou a favor do porte de arma. Em relação à situação financeira de Minas, propôs enxugar a máquina pública, fazendo corte de comissionados e secretarias.

Outra medida é governar com o primeiro escalão sem salários enquanto os servidores não receberem em dia.

Na saúde, disse que pretende fortalecer o atendimento regional. Defendeu privatizações das Companhias Energética de Minas Gerais (Cemig) e de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

Propostas de Anastasia (PSDB)

Para solucionar a situação das contas do estado, Anastasia propõe cortar secretarias, cargos e privilégios, além de atrair empresas. A volta do pagamento do funcionalismo público no 5º dia útil também está entre as propostas.

Na área da saúde, tem como prioridade a conclusão de obras dos hospitais regionais a realização de parcerias com hospitais filantrópicos.

O tucano também quer fazer parcerias com o setor privado na área de infraestrutura, mas, em relação à gestão, diz que não pretende privatizar nenhuma estatal.

08/10/18

Gostou? Então compartilhe!

Tags: , , ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: