;

Header Ads

Homem é multado em 104 mil reais por crime ambiental em Santo Antônio do Amparo

Homem é multado em 104 mil reais por crime ambiental em Santo Antônio do Amparo
Animais e materiais apreendidos pela PMMA — Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação

A Polícia Militar do Meio Ambiente de Lavras prendeu em flagrante um homem que mantinha pássaros silvestres em cativeiro, sem a devida autorização, na zona rural de Santo Antônio do Amparo. Foram recolhidos animais, gaiolas e armadilhas.

Durante o atendimento de uma denúncia de desmate, os militares tentaram parar um transeunte para coleta de informações. O homem empreendeu fuga, o que despertou a atenção dos policiais.

O suspeito foi alcançado e os policiais verificaram que ela transportava uma pequena gaiola e um armadilha para captura de pássaros. Além desse material, estavam dois pássaros adultos e três filhotes, todos popularmente conhecidos por “Papa-capim”. O homem foi detido e alegou ser "criador amadorista", relatando ter um plantel em sua residência.

Na residência o homem apresentou uma relação de 11 pássaros, porém, foram encontrados 58 pássaros. Todos estavam em situação irregular. Uns não possuíam anilhas de identificação. As poucas anilhas encontradas estavam adulteradas.

Homem é multado em 104 mil reais por crime ambiental em Santo Antônio do Amparo

Ao todo foram recolhidos 58 pássaros da fauna silvestre brasileira, 11 gaiolas, um alçapão e uma caixa transportada. Ao infrator, foi lavrado o devido auto de infração ambiental no valor de R$ 104.300,80. Foram adotadas todas as providências cabíveis referente ao crime ambiental.

Crime ambiental 

A Polícia Militar do Meio Ambiente orienta: capturar e/ou manter animais da fauna silvestre brasileira em cativeiro, sem a devida autorização dos órgãos competentes, é crime. O infrator, se flagrado, será preso, terá o material e os animais apreendidos, receberá multa ambiental e responderá judicialmente. Não mantenha animal silvestre em cativeiro sem a devida autorização.

Denúncias de meio ambiente e crimes ambientais podem ser feitas pelo telefone (35) 3829-2123 ou pelo email pelmamblavras@gmail.com

Fonte: Ascom Polícia Militar do Meio Ambiente

Nenhum comentário