Polícia Civil indicia grupo de estelionatários que aplicou golpes em Lavras

Polícia Civil indicia grupo de estelionatários que aplicou golpes em Lavras

A Polícia Civil concluiu a investigação sobre o grupo criminoso que se passava por representante de uma empresa de publicidade, com sede em Belo Horizonte, a fim de vender anúncios para lojas, escritórios e consultórios na região de Lavras.

Quatro homens, com idades entre 42 e 52 anos, foram indiciados por associação criminosa e estelionato. Conforme apurado, entre os meses de agosto e setembro de 2019, os suspeitos teriam cometido, pelo menos, 30 golpes em Lavras e também em Varginha, Três Corações e Alfenas.

Ainda segundo as investigações, os investigados utilizavam a imagem de uma empresa de publicidade, portando crachás e cartões, ocasião em que apresentavam catálogo de anos anteriores com a marca do empreendimento. 

Em alguns casos, os investigados diziam às vítimas que tal empresa não atuava mais no mercado e ofereciam produtos de publicidade de uma outra firma, registrada em nome de um dos suspeitos e em situação cadastral inapta na Receita Federal.

Os quatro foram presos em flagrante, em 2019, durante as investigações. Também foram apreendidos três carros, notebook, quatro celulares, tablet, além de crachás e documentos. 

Postagem Anterior Próxima Postagem