Campanha de Vacinação contra a Influenza é antecipada em Minas

Campanha de Vacinação contra a Influenza é antecipada em Minas
Crédito: Fábio Marchetto

A 24ª Campanha de Vacinação contra a Influenza começará, em Minas Gerais, na próxima segunda-feira (3/4). No território nacional, a imunização iniciará no dia 10/4, mas a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) decidiu pela antecipação diante da disponibilidade de doses da vacina enviadas pelo Ministério da Saúde (MS).

O vírus influenza é causador de infecção aguda do sistema respiratório, com grande potencial de transmissão, e pode levar à morte. Em 2022 em Minas Gerais, 132 pessoas vieram a óbito por Síndrome Respiratória Aguda Grave causada por influenza. Este ano, já são duas mortes.

O subsecretário de Vigilância em Saúde da SES-MG, Eduardo Prosdocimi, explica que, tendo em mente que a detecção de anticorpos protetores se dá entre 2 a 3 semanas, antecipar em uma semana a vacinação do público elegível será importante para reduzir possíveis complicações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza.


“A vacinação contra a influenza permite, ao longo do respectivo ano, minimizar a carga e prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, reduzindo os sintomas nos grupos prioritários, além de reduzir uma eventual sobrecarga nos serviços de saúde”, detalha o subsecretário Eduardo Prosdocimi.


Para a campanha de 2023, Minas Gerais já recebeu do Ministério da Saúde 1.420.000 doses, que estão sendo disponibilizadas aos 853 municípios mineiros. Para operacionalização da campanha, as cidades deverão considerar o quantitativo de doses da vacina e logística disponíveis no território. A campanha seguirá até o dia 31/5 e a meta de cobertura vacinal é de 90%. A expectativa é que 8.519.957 pessoas sejam vacinadas em Minas Gerais.


Os grupos prioritários para a 24ª Campanha de Vacinação contra a Influenza são:

  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias)
  • Trabalhador da saúde (todos os trabalhadores da saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade),
  • Gestantes e puérperas
  • Professores do ensino básico e superior
  • Povos indígenas
  • Idosos com 60 anos ou mais de idade
  • Profissionais das Forças de Segurança e Salvamento e das Forças Armadas
  • Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais
  • Pessoas com deficiência permanente
  • Caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso
  • Trabalhadores portuários
  • População privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.


“Pedimos para que a população que faz parte do público elegível procure pela Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, para atualizar a caderneta de vacinação. Lembramos que esse imunizante faz parte do calendário anual de rotina e, para a campanha de 2023, já está atualizado contra a nova cepa da gripe”, destaca Prosdocimi.

Vale lembrar que a vacina contra influenza é contraindicada para crianças menores de 6 meses de idade e pessoas com história de hipersensibilidade grave a doses anteriores.


Fonte: Agência Minas

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال