Polícia prende suspeito de ser o mandante de assalto a boate em Lavras

Polícia prende suspeito de ser o mandante de assalto a boate em Lavras

A Polícia Civil  (PC) cumpriu, nesta quarta-feira (15), mandado de prisão preventiva contra um homem, de 43 anos, suspeito de ser o mandante do assalto a uma boate em Lavras.

Ele é investigado por diversos crimes, incluindo homicídio, e conta com mais de 60 registros policiais.

O crime ocorreu no dia 24 de setembro de 2016, quando quatro homens armados invadiram o estabelecimento, localizado na rodovia BR-265, na zona rural do município, disparando diversos tiros. Imediatamente, os suspeitos anunciaram o assalto e levaram vários bens das vítimas, incluindo celulares, e fugiram em seguida

Contudo, ao ouvir testemunhas, a PC descobriu que a intenção dos criminosos poderia ser outra, uma vez que o grupo procurava especificamente pelo proprietário da boate, que não foi localizado por eles na ocasião do roubo. Já no dia 2 de dezembro daquele ano, novamente suspeitos invadiram a mesma boate e executaram o dono dela.

Com ampliação das investigações, a Polícia Civil conseguiu então demonstrar que um dos participantes do assalto já conhecia a vítima fatal, o que indicou o envolvimento do homem de 43 anos no planejamento do roubo. O investigado, também proprietário de uma casa noturna, teria relação de rivalidade com a vítima.

O inquérito policial foi concluído no último mês, e a PC representou pela prisão preventiva do suspeito, deferida pela Justiça e executada hoje durante ação policial.

O preso, que já possui 64 registros policiais, após os procedimentos de polícia judiciária, foi encaminhado ao sistema prisional.

As investigações foram conduzidas por uma equipe policial que investiga crimes patrimoniais em Lavras.


Fonte: Ascom PCMG

Postagem Anterior Próxima Postagem