Brinquedos fabricados por presos de Lavras serão doados a crianças

Brinquedos fabricados por presos de Lavras serão doados a crianças no domingo de Páscoa

Madeiras apreendidas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) terão um novo destino nesta Páscoa. Elas foram transformadas em brinquedos pedagógicos pelos custodiados do Presídio de Lavras que serão destinados a crianças carentes de várias localidades do estado. 

Ao todo, cerca de 1.200 itens foram produzidos no primeiro trimestre deste ano e farão a diferença na vida da garotada.

Quinze detentos que trabalham na oficina de marcenaria da unidade fabricaram carrinhos, jogos de encaixe, maquete de pista, quebra-cabeça, objetos lúdicos, dentre outros brinquedos pedagógicos para distribuição a entidades assistenciais que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. A ação foi possível devido à doação de dois caminhões de madeiras de Cedro Rosa e Peroba, apreendidas pelo Ibama, que foram extraídas de forma ilegal por criminosos.

Além da confecção dos brinquedos, os custodiados também são responsáveis pela pintura, acabamento e embalagem dos objetos. Parte deles já foi doada para os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei) de Lavras e para um projeto beneficente da Loja Maçônica do município. O restante dos itens será distribuído neste domingo (9/4), para crianças em uma ação social comemorativa de Páscoa, realizada em parceria com a 6ª Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente. O projeto também irá atender as prefeituras municipais de Malacacheta e Carmésia.

Para o diretor-geral do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG), Rodrigo Machado, este projeto é mais uma das ações que contribuem para o fortalecimento da Polícia Penal de Minas Gerais e para o processo de ressocialização dos custodiados. 


“Estas atividades, que vão além das muralhas das unidades prisionais, são fundamentais para a prevenção à criminalidade no nosso estado e para a promoção de benefícios e retornos para a população”, afirma o diretor.


Outros atendidos


Os Núcleos de Assistência à Família (NAFs), localizados nas Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) do estado, também serão beneficiados pelo projeto. Uma parcela dos brinquedos produzidos será destinada às brinquedotecas dessas unidades, que são espaços utilizados pelas crianças que acompanham os pais ou responsáveis que aguardam atendimento.

A diretora-geral do Presídio de Lavras, Anamaria Borges Pereira, explica que este projeto tem feito a diferença na vida da população e dos custodiados. 

“A atividade de marcenaria no Presídio de Lavras, além de incentivar o trabalho prisional e o ofício de marceneiro, é sem dúvida o caminho para ensinar e aprender a fazer o bem”, disse.


A oficina de marcenaria foi implantada na unidade em 2019, quando os servidores da área de atendimento ao preso tomaram conhecimento das aptidões de Rodrigo Barboza, detento com experiência como montador de móveis planejados e marceneiro. Ele capacitou outros custodiados do presídio e, desde então, a unidade é referência no estado na produção de artigos de madeira.


Fonte: Sejusp


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال