Escola municipal de Lavras recebe ação do projeto Escola Transforma

Escola municipal de Lavras recebe ação do projeto Escola Transforma

Entre os dias 19 e 22 de junho, cerca de 630 estudantes de cinco escolas municipais localizadas em zonas rurais dos municípios de Madre de Deus, Lavras, Três Corações e Alfenas terão um dia dedicado a vivenciar ações implementadas pelo Projeto Escola Transforma em suas instalações.

O objetivo do projeto é proporcionar conquistas pedagógicas e melhorias na estrutura física dos estabelecimentos educacionais e, assim, contribuir para alavancar os indicadores de qualidade da educação municipal.

As escolas municipais mineiras onde irão acontecer as inaugurações são Édio do Nascimento Birindiba, em Lavras, Vovó Nanaça, em Madre de Deus, Rio do Peixe II, em Três Corações e Nicolau Coutinho, em Alfenas. Elas oferecem do Ensino Infantil ao Fundamental II, atendendo alunos com idades entre 0 e 14 anos. Ainda em Alfenas, haverá uma segunda ação de voluntariado com foco em práticas sustentáveis, na Escola Municipal Dr. Fausto Monteiro, que já recebeu novos espaços no ano passado para os jovens do Ensino Fundamental I e II.

Entre as novas estruturas implantadas nas outras quatro escolas estão hortas suspensas, playgrounds, salas de leitura e uma brinquedoteca. Durante a inauguração, haverá a montagem da sala de leitura, o plantio na horta, além de atividades pedagógicas com a temática da sustentabilidade.

Patrocinado pela Nutrien Soluções Agrícolas, uma das maiores plataformas de soluções agrícolas do País, e realizado em parceria com o Instituto Cuidare, o projeto Escola Transforma nasceu em 2021 e, e em 2023, dedica sua atenção às escolas públicas situadas em áreas rurais. As ações vão desde aquisição de materiais e qualificação de espaços para aprendizagem até a formação de educadores e voluntários.


Avanços pedagógicos 


Com as intervenções do projeto, as escolas mineiras ganham espaços, como salas de leitura com ambientação lúdica e acervo de 400 novos livros, hortas suspensas e parques infantis. Uma das escolas recebeu novos espaços em novembro do ano passado e agora recebe ação de voluntários da Nutrien para atividades pedagógicas com o tema sustentabilidade.


Em 2021 e 2022, o projeto beneficiou mais de 11 mil estudantes com implantação de salas de leitura, parques infantis, hortas, reformas de quadras, salas multissensoriais, entre outros espaços implantados ou reformados nas instalações de 31 instituições públicas de ensino. Neste ano de 2023, 40 escolas recebem ações do projeto, beneficiando 6.800 estudantes com as suas intervenções.

Escola municipal de Lavras recebe ação do projeto Escola Transforma

Escola municipal de Lavras recebe ação do projeto Escola Transforma



“Com o parquinho renovado, renovam-se também as intencionalidades criativas da ludicidade, em que a brincadeira se torna propulsora do desenvolvimento infantil. A horta da escola, que recebeu novos canteiros e mudas, plantaram nas mentes e nos corações, as sementes do empreendedorismo, do protagonismo infanto-juvenil. E exalta-se a transformação do layout da sala de leitura, nossa querida biblioteca, que recebeu novo acervo, que enriquece ainda mais as possibilidades de conhecimento e inserção nas diferentes culturas e formas de reinventar o mundo, ampliando os horizontes”, afirma Maria Lúcia, diretora da EM Édio do Nascimento Birindiba.



Hora de comemorar 


Entre os dias 19 e 22 de junho (segunda a quinta-feira) estudantes e professores das instituições beneficiadas pelo Escola Transforma estarão reunidos para realizar atividades pedagógicas e inaugurar oficialmente os novos espaços. Para compor esse dia especial, uma série de ações estão previstas com a presença de voluntários da Nutrien, entre elas a montagem da sala de leitura, o plantio de mudas e sementes nas hortas, contação de histórias, roda de conversa, lanche e outras dinâmicas pedagógicas com a temática da sustentabilidade.


Mais de 6 mil estudantes beneficiados em 2023 


As escolas rurais do interior de Minas Gerais são cinco das 40 contempladas pelo Escola Transforma em 2023. As instituições beneficiadas são, em sua maioria, escolas rurais, incluindo quilombolas e indígenas, localizadas em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Espírito Santo, Rondônia, Pará, Mato Grosso e Tocantins. As melhorias irão beneficiar diretamente 6.890 estudantes. O ponto de partida do projeto é conhecer as necessidades das instituições educacionais para depois transformá-las. O Escola Transforma faz parte do programa Nutrien Transforma, que tem o objetivo de alavancar o engajamento da empresa com as comunidades em que atua visando o desenvolvimento local.


“Continuamos mais um ano com o compromisso de fortalecer a educação, acreditamos que o Projeto Escola Transforma vem proporcionando melhorias dentro das escolas nas cidades que atuamos, além de apoiar na qualificação pedagógica para que gerem impactos positivos no desenvolvimento das crianças e dos adolescentes dessas comunidades. Em 2023, estamos presentes em 30 cidades com mais de 40 escolas no projeto, e estamos levando voluntariado para contribuir ainda mais nas ações que estamos realizando. Esse ano, nosso foco está em escolas rurais, pois acreditamos que o impacto que iremos causar será ainda maior nessas comunidades.", explica a gerente de sustentabilidade e responsabilidade social da Nutrien na América Latina, Rita Moreno.


Todas as iniciativas do projeto Escola Transforma são pautadas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que são um apelo global construído pela ONU e seus parceiros em prol da Agenda 2030 para geração de impacto social e garantia de um futuro melhor e mais sustentável para todos. As escolas rurais ganham atenção especial do projeto por apresentarem um Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mais baixo que as demais. A meta do projeto é, até 2024, atender mais de 50 escolas em todo o país.


“O Instituto Cuidare valoriza o potencial transformador das escolas rurais, quilombolas e indígenas. Atuamos de forma colaborativa e em rede. Através do projeto Escola Transforma, promovemos melhorias nas estruturas e oferecemos formação, envolvendo a sociedade e o poder público para assegurar uma educação básica de qualidade. Acreditamos no compromisso coletivo com a educação, pois enxergamos na escola tanto o presente quanto o futuro de um país”, afirma Kátia Rocha, presidente do Instituto Cuidare.


Sobre o Instituto Cuidare


O Instituto Cuidare é uma organização sem fins lucrativos, fundada em 2022 e formada por pedagogos, professores, administradores, comunicadores, engenheiros, arquitetos, artistas, entre outros profissionais. São pessoas que acreditam no poder transformador da educação para a regeneração de uma sociedade mais justa e equitativa; que acreditam que a educação é um dos principais instrumentos para a redução da pobreza e das desigualdades sociais; que sabem que a educação é um direito humano fundamental para que cada pessoa possa desenvolver o seu maior potencial.

Para colocar o nosso propósito em prática, atuamos dentro das escolas públicas, porque é um lugar para todos, que reúne toda a comunidade. Trabalhamos em parceria com outras entidades e organizações para alcançar resultados na formação de estudantes e de professores, e na construção de um ambiente escolar acolhedor e motivador.

Apesar de uma constituição recente, nossa história começa em 2008, com a Rede Educare, uma produtora cultural, que realiza projetos voltados à educação, sustentabilidade, formação de leitores, promoção da diversidade por meio da implementação de espaços de leitura, exposições e publicações de livros por todo o Brasil.

Por entender a dimensão e a importância da educação, nasceu assim o Instituto Cuidare.



Fonte: Ascom Instituto Cuidare.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال