Polícia do Meio Ambiente combate a caça ilegal em Ingaí


Na tarde do último domingo (03), Polícia Militar, por meio do Batalhão de Polícia Militar do Meio Ambiente, executou uma importante operação para combater os crimes contra a fauna silvestre, com foco especial na caça ilegal.

Durante a ação, realizada em Ingaí, os policiais do Grupamento de Meio Ambiente de Lavras fizeram uma apreensão significativa, confiscando uma arma de fogo, redes de pesca e armadilhas utilizadas para a caça.

Com o objetivo de reprimir a caça ilegal de animais silvestres na zona rural do município de Ingaí, nas proximidades dos rios Ingaí e Capivari, a equipe policial abordou um cidadão residente na região, contra o qual já havia denúncias de envolvimento em atividades de caça nessas localidades, inclusive com a posse irregular de arma de fogo e armadilhas. Durante a abordagem, o indivíduo demonstrou nervosismo, levantando fortes suspeitas. Durante a conversa, ele foi questionado sobre seu envolvimento na caça de animais silvestres, alegando ter praticado no passado, mas afirmou que atualmente não comete mais esses atos.

Como resultado da abordagem, foi apreendida uma espingarda de cano duplo, calibre 24, juntamente com munições irregulares que estavam em posse do indivíduo. Além disso, foram encontradas redes de emalhar e uma armadilha comumente utilizada para capturar tatus.

O homem foi preso em flagrante delito e conduzido à presença do delegado da Polícia Civil. Os devidos autos de infração ambiental foram lavrados e ele responderá pelos crimes cometidos. Essa operação reafirma o compromisso da Polícia Militar em combater energicamente a caça ilegal e proteger a fauna silvestre, garantindo a preservação da biodiversidade.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال