Cidade dos Ipês - Inverno com cara de verão

Agosto é o último mês do inverno e nem parece fazer parte da estação conhecida como a mais fria do ano. As altas temperaturas apresentadas nos últimos dias têm afetado a natureza e transformaram o inverno desse ano no mais quente dos últimos 60 anos.

Em alguns casos quem ganha mais com as mudanças são os olhos da população. Em Lavras as flores amarelas, chamativas e que fazem os olhos se desviarem para prestar atenção, tomam conta de algumas ruas da cidade.

O Ipê Amarelo faz do inverno em alguns estados, a estação mais florida do ano. As árvores se espalham pela cidade e enfeitam a vista.Segundo o biólogo Paulo César Franco, o Ipê Amarelo tem um comportamento interessante no período da seca. Perde todas as folhas e em seguida as flores aparecem. Ele explicou que esse é um tipo de mecanismo de defesa que as plantas têm. "Esse comportamento evolutivo vem mudando ao longo das transformações climáticas e do meio-ambiente em geral", justificou.

Apesar de não estar fora da época de florescer o biólogo explica que a natureza responde a todas as mudanças climáticas de maneira diferente.
Paulo acrescentou dizendo que outras alterações decorrentes de mudanças climáticas podem ser vistas neste período de seca. De acordo com as previsões, devido ás altas temperaturas também pode haver aumento da quantidade de insetos, alteração no ciclo das águas e um verão muito mais quente que os anteriores.

Com isso, quem mais sofre são as crianças e os idosos que, segundo Paulo, não tem os mecanismos reguladores de temperatura trabalhando da mesma maneira que um jovem ou adulto de idade média.

14/08/06
Postagem Anterior Próxima Postagem