Veja quanto dinheiro tem no bolso dos que estão pedindo seu voto

Os bens dos candidatos a deputado estadual e federal de Lavras declarados à Justiça Eleitorais somam uma “fortuna” de R$ 4.074.229,00. O mais rico deles é o ex-prefeito Carlos Alberto Pereira (PFL), candidato a Deputado Federal. Disse que possui um patrimônio avaliado em R$ 1.704.745,00 segundo a relação de bens enviadas pelos políticos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 0 candidatos a deputado federal José Maria Nunes (PPS), médico do sistema de saúde municipal, declarou que possui em seu nome apenas um automóvel Ford Fiesta avaliado em R$20.000 reais. O médico tenta pela primeira vez uma cadeira na Câmara dos Deputados. Já Marta Maria Azevedo, policial militar, disse que possui um imóvel residencial no valor de R$38.000 reais e um automóvel Fiat Uno avaliado em R$ 6.000,00.

A declaração de bens é obrigatória a todos os candidatos e uma forma de controlar possíveis casos de enriquecimento ilícito no exercício do cargo público. O vereador Antônio Marcos Possato, candidato a deputado estadual pelo PSC não declarou nenhum bem á Justiça Eleitoral. Aristides Silva Filho, metalúrgico, candidato a uma vaga na Assembléia Legislativa pelo Partido dos Trabalhadores, também foi outro que não declarou nenhum bem a justiça eleitoral.

O ex-prefeito Célio de Oliveira, candidato a Deputado Estadual pelo Partido Verde, declarou que possui R$588.817,00 entre imóveis, automóveis e outros bens. O militar José Bento da Silva, candidato a Deputado Estadual pelo PT do B, declarou á justiça eleitoral que possui um imóvel no valor de R$150.000,00 e um automóvel avaliado em R$14.000,00. Por sua vez, José Henrique Rodrigues que disputa uma vaga na Assembléia de Minas pelo PMN, declarou que possui bens avaliados em R$245.667,00 entre imóveis e outros. Completa a lista, o ex-vereador Vicente Naime do PRTB, que declarou á Justiça Eleitoral possuir R$1.325.000,00 em terras e outros bens.

28/08/06
Postagem Anterior Próxima Postagem