Lavras - Roubos a residencias deixam moradores apreensivos

O alarme está disparado. Lavras sofre com o aumento no número de assaltos a residências. A ocorrência de três ou mais roubos de casas num mesmo bairro é constante.

O espanto com essa realidade corre de boca em boca nas ruas, nas conversas de ônibus, todos com algum caso recente para contar. Embora autoridades policiais do município afirmem que o número de assaltos e roubos vem caindo, é nítido que a preocupação de moradores de diversos bairros aumentou.

''Aumentou o número de roubos e também a crueldade dos assaltantes'', diz Maria Aparecida Pereira, moradora do bairro Cruzeiro. Crueldade que se traduz em ameaças e agressões físicas gratuitas. ''Na semana passada, uma idosa, vizinha minha, foi obrigada a permanecer na cama, coberta até a cabeça, enquanto o assaltante ficava cutucando-a com a arma e ameaçando matá-la'', conta. Segundo a moradora os roubos no bairro são freqüentes.

Pequenos grupos formados por adolescentes, estariam ''aterrorizando'' moradores em diversos bairros de Lavras. Os jovens infratores teriam um mesmo ''modus operandi'': eles arrombam as residências quando os moradores estão no trabalho, vasculham o imóvel à procura de dinheiro, jóias, componentes eletrônicos, eletrodomésticos e levam tudo.

A polícia afirma que está na cola dos receptadores de produtos roubados, mas não dá detalhes ''para não atrapalhar as investigações''. A eficácia das ações esbarra no âmbito judicial. ''Esses adolescentes estão sendo apreendidos, mas acabam saindo em um curto espaço de tempo e aterrorizando novamente'', diz um militar que pediu pra não ser identificado.

27/06/07
Postagem Anterior Próxima Postagem