Comércio lavrense já sente reflexos da queda de temperatura

O frio chegou e com ele as vendas de lãs e linhas para artesanato em Lavras. As lojas do Centro da cidade já sentem os primeiros reflexos dos bons negócios que o inverno deverá trazer.

A gerente de uma das lojas de armarinhos mais tradicionais de Lavras, Ana Luiza Vieira, disse que é só a temperatura baixar que as mulheres correm a procuras de lãs para a confecção de blusas, cachecóis, gorros, luvas e uma variedades enorme de peças do vestuário para toda a família.

A moda também influencia muito a procura das lãs. Como agora a tendência pede os boleros, cachecóis e xales, a quantidade de material é um pouco menor, mas em compensação, o tipo de lã utilizada está mais sofisticada e os preços mais elevados. Há preços para todos os bolsos desde novelos de R$ 2,30 até os que custam R$ 18,00. E junto com as lãs, as lojas faturam com os materiais paralelos, como agulhas, teares, o arco para crochê de grampo e outros.

Apesar do faturamento desses produtos já ter aumentado 50% com o frio, Ana Luiza espera vender ainda mais. "No ano passado o frio chegou mais cedo e o nosso faturamento também. Acredito que para o mês de julho as vendas cresçam mais ainda", diz.

Já em outra loja, o otimismo não foi o mesmo. O gerente Osvaldo Ribeiro disse que o volume de vendas aumentou, mas pouco. "As lãs comuns vendem o ano todo, as sofisticadas é que têm maior saída", disse. Ela também espera que o frio traga mais negócios para os próximos meses, já que as pessoas não costumam confeccionar as peças antecipadamente. "Todo mundo espera o frio chegar para daí comprar a lã", comentou.

Se o frio estimula a compra de lã, o mesmo não ocorre com os aquecedores elétricos. Nas lojas de eletrodomésticos as vendas ainda estão bem paradas. Segundo os gerentes, somente daqui a dez dias, se a temperatura continuar baixa, é que a procura começará a aumentar. "O consumidor espera o frio se estabelecer para daí adquirir o produto, além do mais, o consumo de eletricidade é mais elevado", explicou um vendedor.

15/06/07
Postagem Anterior Próxima Postagem