FESTAS EM REPÚBLICAS INCOMODAM VIZINHOS NO BAIRRO CENTENÁRIO

Moradores do bairro Centenário reclamam do barulho causado pelas festas promovidas pelos estudantes que residem no bairro. As repúblicas, como são chamadas as casas dos estudantes, promovem festas e encontros que se prolongam, em alguns casos, até a madrugada.

As repúblicas estão espalhadas por toda a cidade, principalmente na região central. Muitas delas ganham a simpatia das famílias, mas a maioria acaba sendo alvo de eternas críticas da vizinhança.

Na última segunda-feira a Policia Militar promoveu uma reunião com moradores do bairro, no auditório do Tiro de Guerra. O objetivo foi discutir problemas relacionados à segurança daquela região da cidade. Segundo a PM, aproximadamente 145 famílias foram convidadas para participar do evento.

Ao contrário do que se esperava, a maioria das reclamações não se relacionava à questão da criminalidade. A baderna causada pelos estudantes que residem nas diversas repúblicas espalhadas pelo bairro foi o alvo principal das queixas.

De acordo com alguns moradores, depois de muitas tentativas frustradas de convencer os alunos de que os outros moradores precisam dormir à noite, a única alternativa é chamar a PM.

Um advogado ouvido por O Lavrense afirma que questões que envolvem lesão corporal, ameaças, problemas com vizinhos, perturbação do sossego, entre outros assuntos, são tratados pelo órgão Juizado Especial. Se a pessoa não quiser enviar um ofício ao juizado, outro caminho é registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil, onde será lavrado o termo circunstanciado. O processo é encaminhado automaticamente ao Juizado Especial. A partir deste termo, dentro de 30 dias é realizada a audiência.

Conforme o advogado, os alunos têm medo de serem alvo de processo porque, neste caso, não podem prestar concursos públicos.
Postagem Anterior Próxima Postagem