Candidaturas à sucessão municipal em Lavras permanecem indefinidas

O prazo para a realização de convenções partidárias para a escolha dos candidatos a prefeito e vereadores que concorrerão nas eleições de outubro começou dia 10 e vai até o dia 30 deste mês.

Após homologada a convenção, o partido político ou a coligação têm até o dia 5 de julho para apresentar o pedido de registro dos candidatos à Justiça Eleitoral. Em Lavras algumas legendas ainda não realizaram suas convenções.

A indefinição quanto às candidaturas a prefeito pode empurar as coligações para o final do mês. A partir de agora as legendas e os políticos passam a pesar os seus “prós” e “contras” antes de tornarem oficial a sua candidatura visando a eleição de outubro.

Segundo políticos ouvidos por O Lavrense, encontrar um equilíbrio entre os pontos negativos e positivos é decisivo na desistência ou insistência da candidatura.

Dos nomes cotados para disputar a eleição, dois já ocuparam ou ocupam cargos no Executivo, sendo Jussara Menicucci (PDSB) eleita prefeita por duas vezes. O outro é o empresário Carlos Alberto Pereira (DEM).

Os outros nomes, apesar de não terem experiência no Executivo, têm seus pontos positivos. Em apenas três siglas são apresentados nomes que poderão entrar na disputa: o PTB, que tem como pré-candidato o vereador Marcos Possato e os empresários Dehon Tratores (PHS) e Luis Fábio Cherem (PSL).

Segundo especialistas, neste período de convenções, os pré-candidatos tem de apresentar alguns ingredientes básicos: poder de articulação, ter viabilidade política, bom histórico e respeito dos líderes partidários. Ao eleitor lavrense resta esperar pela definição das candidaturas até o final deste mês.

12/06/08
Postagem Anterior Próxima Postagem