ALUNOS DO GAMMON TRABALHAM EM JIPE DA II GUERRA

O Instituto Presbiteriano Gammon iniciou o segundo semestre com um desafio aos alunos: restaurar um Jipe que foi utilizado na Segunda Guerra Mundial e que está na escola desde a década de 50. O projeto, nomeado “Lata Velha”, levará os estudantes a conhecer sobre as características do veículo e também sobre os aspectos históricos de sua época, em atividades interdisciplinares.

Quem participa do projeto são alunos do Ensino Fundamental e Médio. A restauração está prevista para daqui dois anos e contará com a ajuda de toda a comunidade escolar, mas, enquanto isso, eles terão muito trabalho pela frente. “Vão pesquisar as características estéticas, mecânicas e elétricas do veículo e dados sobre marca, fabricante, ano de produção e dados históricos sobre sua utilização”, explica Antonio Claret, assessor pedagógico.

Dentro dos conteúdos interdisciplinares, estão: a Revolução Industrial, a História do Automóvel, Bicombustíveis, poluição, anatomia do motor, parte óptica, entre outras. “É um projeto que vai levar o aluno a aprender sobre Física, Química, História na prática. Esse o foco principal”, diz Claret.

Segundo ele, o Lata Velha faz parte do Clube de Ciências do Gammon, que visa despertar nos estudantes atitudes de curiosidade, rigor, gosto pela pesquisa, autonomia, cooperação e respeito pelos outros, além de promover a motivação para a aprendizagem e o desenvolvimento de capacidades cognitivas. O Clube é uma atividade semanal fora do horário de aula, na qual professores e voluntários monitoram os alunos no aprofundamento de temas que geram curiosidade.

As atividades englobam o maior número possível de conteúdos que são lecionados em classe. “O Clube é um local privilegiado para a realização de atividades laboratoriais que consolidam saberes e práticas ao lidar com situações cotidianas que envolvem conhecimentos científicos e produtos tecnológicos”, finaliza.

Fonte: Ascom Gammon
Postagem Anterior Próxima Postagem