;

Header Ads

Silas admite crise e culpa a gestão Cherem por gastos com pessoal

No último dia 22, o Tribunal de Contas de Minas Gerais emitiu alerta administrativo à Prefeitura de Lavras e outras 32 cidades que estão na iminência de gastar mais do que é permitido com a folha de pagamento e, portanto, devem corrigir o problema, para não descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Se deixar de ser corrigido, implica na responsabilização do gestor municipal.
http://www.olavrense.com.br/2015/09/silas-admite-crise-e-culpa-gestao.html
O  Prefeito de Lavras Silas Pereira e seu antecessor, Dr.  Marcos Cherem, apontado como responsável pelo excesso de gastos com pessoal

Nesta terça-feira (29), o prefeito de Lavras, Silas Costa Pereira (PMDB), divulgou, por meio de sua assessoria, uma nota à imprensa onde culpa o ex-prefeito Marcos Cherem (PSD) pelo aumento da folha de pagamento do município que, segundo o texto, está se aproximando dos 54% da receita corrente líquida.

Segundo a assessoria de Silas, o aumento da folha de pagamento da prefeitura de Lavras foi motivado pelo decreto de reenquadramento de pessoal, feito na gestão de Marcos Cherem, sem a devida análise de impacto financeiro. O decreto que passou a vigorar a partir de outubro de 2014 e onerou a folha de pagamento do município em mais de R$700.000,00 reais por mês.

Ainda segundo a nota, para contornar o problema, a atual administração adotou algumas medidas para evitar que a cidade extrapole os limites de despesas com pessoal. Entre elas está a polêmica transformação da Unidade Regional de Pronto Atendimento (URPA) em UPA, o que, segundo Silas, possibilitará uma economia de recursos do município e recebimento verbas estaduais e federais, emendas parlamentares para atender a projetos de infraestrutura, além de economias em geral.

Outra medida adotada para minimizar os gastos foi o decreto nº 12.788, de 14 de setembro de 2015, que prevê a redução nos salários do prefeito e vice-prefeito em 20% e dos comissionados em 10%, demissões de contratados e comissionados e congelamento de concessão de benefícios até o dia 31/12.

http://www.olavrense.com.br/2015/09/silas-admite-crise-e-culpa-gestao.html
Servidores municipais protestam na Praça Augusto Silva
O atraso no pagamento dos salários tem deixado muitos servidores à beira de uma ataque de nervos. No último dia 20 um grupo de funcionários da prefeitura  promoveu  um protesto contra o atraso no pagamento dos salários. Portanto cartazes e gritando palavras de ordem, os manifestantes, a maioria ligada a área da educação, percorreram a Praça Dr. Augusto Silva pedindo a demissão dos funcionários comissionados e a valorização dos professores. Os vereadores de oposição afirmam que um dos motivos para o inchaço na folha é justamente o excesso de servidores comissionados que, segundo eles, o prefeito não consegue exonerar.

Segundo o Tribunal de Contas, o alerta é uma medida preventiva e o aspecto punitivo vem numa segunda etapa, em casos de reincidência ou má-fé dos agentes públicos responsáveis pela gestão. O TCE ressalta que, em âmbito municipal, a despesa total com pessoal não pode ultrapassar 60% da receita corrente líquida. Esse limite é repartido entre os Poderes Executivo e Legislativo, sendo 54% para o primeiro e 6% para o segundo.

Estamos trabalhando com seriedade e transparência para driblarrmos a crise decorrente da queda de repasses de recursos do Governo Federal e conscientes de que não podemos ultrapassar os limites previstos pela lei”- disse o prefeito Silas Costa Pereira.

29/09/15

14 comentários:

  1. O choro é livre: mimimimimimimimimimimimimimimimimimimimi

    ResponderExcluir
  2. A verdade tarda mais não falha. Populismo nunca mais.

    ResponderExcluir
  3. E o deputado do avião barulhento? Votou como no aumento do ICMS em Minas. Mui amigo.

    ResponderExcluir
  4. Fazer graça com o chapéu alheio uma hora da ferro.

    ResponderExcluir
  5. cortar gastos na prefeitura, concordo, mas cortar o TICKET ALIMENTAÇAO dos servidores isto nao está certo viu SILAS.

    ResponderExcluir
  6. Há famílias de servidores que o vale alimentaçao era a salvaçao que sobrava para comprar comida para suas famílias. VOLTE COM O VALE ALIMENTAÇAO.

    ResponderExcluir
  7. Quando que o Cherem atrasou o vale ou os salários mesmo?

    ResponderExcluir
  8. Tá em Crise mas gasta mais de 40 mil em folhetos de governo. Cade a coerência ?

    ResponderExcluir
  9. Respostas
    1. Mas honesto. Falcatrua pra ganhar eleições nunca mais.(vide STF)

      Excluir
    2. Tomara que ele se candidate e tente vencer as eleições deste ano. vai ser divertido.

      Excluir
    3. Sem chances. Honestidade e politica são palavras incompatíveis.

      Excluir
  10. Pena que desistiu de se candidatar. ia ser um vexame histórico!

    ResponderExcluir
  11. não me meto em briga de quadrilha pois tenho medo de bala perdida! o pior de tudo é que ambas as partes estão cobertas de razão, é o sujo falando do mal lavado,to fora.

    ResponderExcluir