;

Header Ads

Governo de Minas vai convocar 750 agentes de segurança pública

agente penitenciário

O secretário de Estado de Segurança Pública, o general da reserva Mario Lucio Alves de Araujo, afirmou nesta terça-feira (9) que o Governo de Minas irá convocar 750 dos quatro mil agentes de segurança pública aprovados em processo seletivo do Estado aberto em 2018. O anúncio foi feito durante audiência da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

O secretário admitiu a possibilidade de que o número de chamados ao longo do ano possa ser ainda maior do que a previsão apresentada ao Poder Legislativo, durante encontro solicitado pelo presidente da comissão, o deputado Sargento Rodrigues (PTB), para discutir a situação de pressão vivida por agentes penitenciários, com denúncias como de sobrecarga de trabalho e de assédio moral.

As convocações em questão referem-se a aprovados no processo seletivo simplificado (PSS) aberto ainda na gestão do ex-governador Fernando Pimentel (PT) e encerrado no mês passado – já na Administração Romeu Zema (Novo) -, quando os selecionados fizeram o curso preparatório. Também cumulando a função de secretário em exercício de Administração Prisional, Mario Lucio informou que a convocação dos primeiros 750 aprovados no PPS de 2018 já foi acertada com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

O secretário admitiu a necessidade de recompor o quadro de pessoal do sistema prisional do Estado não só por meio de seleções de novos agentes, mas também corrigindo-se casos de desvio de função. Ainda segundo Mario Lucio, Minas tem hoje 75 mil presos custodiados e uma taxa de 4,3 presos por agente penitenciário, contra uma taxa de 5 recomendada pelo Departamento Penitenciário Nacional.

10/04/19

Nenhum comentário