-->

Lavras Vôlei perde jogo decisivo e deixa escapar o acesso à Superliga

equipe de vôlei do Botafogo
Equipe do Botafogo comemora o acesso à elite (Créditos: Divulgação)

Em uma disputa acirrada, o Lavras Vôlei acabou deixando escapar nesta sexta-feira (5), a chance de garantir um lugar na elite do voleibol brasileiro após perder para o Botafogo por 3 sets a 0 no Oscar Zelaya, no Rio de Janeiro (RJ).

O alvinegro carioca fechou a série melhor de três da semifinal com vitória sobre o time lavrense com parciais de 29/27, 25/21 e 26/24. A série estava empatada com uma vitória de cada lado.

Com boa presença de público, os anfitriões tiveram apoio constante das arquibancadas. Mesmo sob pressão o jovem time de Lavras fez uma partida equilibrada, assumindo a liderança do placar em alguns momentos.

O Lavras lutou bastante mas sentiu falta de dois titulares: o experiente central Ualas, lesionado, e o oposto Gabriel Cândido, ex-Corinthians/Guarulhos, que levou cartão vermelho na segunda partida dos playoffs e precisou cumprir suspensão.

O oposto Lorena, do Botafogo, foi um dos mais acionados no ataque e usou a experiência como trunfo para comandar a vitória dos donos da casa. Ao final da partida o atleta comentou sobre a emoção de levar o tradicional clube à primeira divisão e lembrou de Bebeto de Freitas, um dos maiores nomes do voleibol mundial, que começou no esporte no clube carioca.

“Esta série contra Lavras foi muito difícil. Sei que o time conta comigo, mas tive alguns problemas físicos e precisei superar tudo isso, mas o Botafogo merece, a história deste clube é muito bonita. Muitas pessoas passaram por aqui, um, em especial, fez muito pelo voleibol do Brasil e internacional, o Bebeto de Freitas, que era botafoguense. Me sinto lisonjeado em poder contribuir para o acesso do time à elite. Eu sempre fui um guerreiro em quadra e foi bacana ver os mais jovens aqui comprarem este espírito e juntos transformamos este time”, comentou Lorena.

Esta foi a quarta temporada do Botafogo na Superliga B, e primeira sob o comando do técnico Walner Santos. O treinador agradeceu ao elenco e companheiros de comissão técnica e aproveitou para enaltecer a torcida alvinegra.

“Nas quatro temporadas que o Botafogo participou da Superliga B, fui auxiliar técnico em duas dela. Trabalhamos demais, mas não tínhamos alcançado nosso objetivo maior. Estou no clube há nove anos, e passei por todo o processo em todas as categorias da base. E subir ao adulto e conseguir essa façanha é muito gratificante. Parabenizo todo o meu grupo de trabalho na comissão técnica e todos os atletas. Conseguimos uma mescla interessante entre experientes atletas e jogadores da base. O apoio da torcida foi sensacional. Eu sou botafoguense, conheço a história do clube, e eles vieram e nos apoiaram deixando tudo mais fácil”, disse Walner.

Na decisão o Botafogo enfrentará o time da Apan Blumenau (SC), que nesta quinta-feira (04.04) fechou a série contra o Anápolis Vôlei (GO). A grande final está programada para o domingo 14 de abril, às 19h, no Oscar Zelaya. Os canais SporTV farão a transmissão.

05/04/19

Fonte: CVB/Terra

Gostou? Então compartilhe!

Tags: , ,

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: