;

Header Ads

Coordenadoria Regional do MPMG foi transferida de Lavras para Varginha

Coordenadoria Regional do MPMG  foi transferida de Lavras para Varginha

A Procuradoria-Geral de Justiça, em continuidade às ações de fortalecimento do combate à corrupção em todo o estado editou, no dia 3 de outubro, as Resoluções 18/2020 e 19/2020, que modificam as estruturas das Coordenadorias Regionais de Defesa do Patrimônio Público nas regiões Sul e Sudeste.

Por meio desses atos normativos, a Coordenadoria Regional com sede em Lavras foi transferida para Varginha, que, além de ser um importante polo regional, já era sede do Gaeco e é a única comarca de entrância especial dentro da 6ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP). 

A mudança contou, inclusive, com o apoio dos membros do MPMG em Lavras. Assumirá a coordenação da regional o promotor de Justiça Daniel Ribeiro Costa.

Além disso, foi criada a Regional Sul, com sede em Pouso Alegre, que contempla vinte e quatro comarcas e setenta e seis municípios na região fronteiriça com o estado de São Paulo. Assim, Pouso Alegre e região passam a contar com unidades regionais do Gaeco e de Defesa do Patrimônio Público. O promotor de Justiça Eduardo de Paula Machado deixa a coordenação da regional de Lavras e assume em Pouso Alegre.

Segundo o coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público (CAO-PP), Rodrigo Couto, com essas modificações será possível prestar mais apoio aos colegas do interior, especialmente em Promotorias que se encontram vagas. 

“Além disso, viabiliza-se uma maior integração da atuação com os Gaecos regionais em favor da maior efetividade nas investigações que envolvam crimes contra a Administração Pública”, completou ele.

Desse modo, o procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, reafirma seu compromisso com o aprimoramento do Ministério Público mineiro no combate à corrupção e ao crime organizado.


 “São áreas em que somos muito cobrados pela sociedade, e os expressivos resultados que temos alcançado nos últimos anos mostram que estamos no caminho certo. Com o fortalecimento dos órgãos de apoio, ganhamos ainda mais capacidade de articulação operacional e institucional, contribuindo para uma atuação ainda mais firme e efetiva”, disse Antônio Sérgio Tonet.


Ele também parabenizou os colegas de Pouso Alegre e Varginha, “que não mediram esforços para que essas regionais fossem instaladas”, reconheceu Tonet.

Nenhum comentário