Suspeitos de integrar facção criminosa são presos em Campo Belo

Suspeitos de integrar facção criminosa são presos em Campo Belo
 

O trabalho investigativo da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), para apurar casos de homicídio - dois tentados, ocorridos em Campo Belo, e um consumado, na cidade de Perdões, entre setembro e outubro - resultou na prisão de outros três investigados de envolvimento nas execuções, suspeitos de integrar organização criminosa do estado de São Paulo.

Os mandados contra uma mulher, de 27 anos, e dois homens, ambos de 24, foram cumpridos na última semana (dias 10 e 11/11), no município de Campo Belo. Durante a ação policial, ainda foram apreendidos um veículo, utilizado em dos crimes, três aparelhos celulares e R$ 2,2 mil em dinheiro. Outros quatro investigados já haviam sido presos em virtude das apurações.


Investigações


As investigações, conduzidas de forma conjunta pelas equipes das Delegacias de Polícia Civil nos dois municípios onde os crimes aconteceram, apontam que os atentados teriam sido motivados por vingança, após um integrante da facção criminosa ter sido morto, no último dia 3 de setembro, na cidade de Campo Belo, em uma situação relacionada com controle de ponto de tráfico de drogas na cidade.

Diante disso, membros da organização criminosa teriam jurado de morte diversas pessoas, sendo que, cinco dias após a primeira execução, ou seja, em 8 de setembro, houve as duas tentativas de homicídio em Campo Belo, e, no mês seguinte, em 16 de outubro, o homicídio consumado no município de Perdões. Em decorrência do trabalho de apuração da PCMG, foram expedidas pelo Poder Judiciário medidas cautelares contra os investigados.

O trio detido foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da Justiça. As investigações prosseguem pela Polícia Civil.


Fonte: Ascom PCMG

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال