Responsáveis por clínica de reabilitação são presos em Lavras

Responsáveis por clínica de reabilitação são presos em Lavras

Em operação realizada entre os dias 19 e 21 deste mês, a Polícia Civil cumpriu dois mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão expedidos contra os responsáveis por uma clínica de reabilitação em Lavras.

Os suspeitos presos, sendo uma mulher, de 58 anos, e um homem, de 40, foram indiciados por atos de tortura, ameaça, lesão corporal, tráfico de pessoas, redução de pessoa a situação análoga à escravidão, apropriação indébita, importunação sexual e estupro.

A suspeita de 58 anos também é investigada por tráfico de entorpecentes, uma vez que grande quantidade de medicamentos psicotrópicos foram apreendidos na casa dela, sem a devida prescrição médica. Tais substâncias são classificadas como drogas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As investigações tiveram início em abril deste ano após denúncia sobre o local, onde estavam internados homens e mulheres em tratamento para dependência química, transtornos mentais, entre outros. Na ocasião, foram identificadas mais de 20 vítimas.

Durante as apurações, a Polícia Civil ouviu 27 pessoas, incluindo vítimas e testemunhas, as quais prestaram declarações convergentes com os fatos investigados, também confirmados pela perícia técnica.

O inquérito foi concluído e encaminhado para o Ministério Público. 


Fonte: Ascom PCMG

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال