-->

Sindicato rejeita proposta de Silas e servidores municipais mantêm greve

Os servidores municipais da prefeitura de Lavras, em greve a 11 dias, decidiram em assembleia realizada pelo sindicato da categoria na sexta-feira (20), rejeitar a proposta de escalonamento dos pagamentos apresentada pelo executivo municipal e optar pela continuidade do movimento.

No mesmo dia, o prefeito Silas Costa Pereira (PMDB), divulgou por meio de sua assessoria, uma nota onde contesta o que chamou de “boatos falsos” que estariam prejudicando os trabalhos da administração municipal em prol da população de Lavras.

O prefeito tem dito que não poderá atender a principal reivindicação do sindicato, o pagamento de todos os salários até o quinto dia útil, por conta do problema financeiro da cidade. Ele culpa a situação financeira do país e a queda nos repasses de verbas dos governos federal e estadual pela crise. “Sou, como prefeito de Lavras, quem, depois dos servidores, mais tem a lamentar e a perder com o atraso dos salários. ”, postou o prefeito em seu perfil no Facebook.

Silas atribui a alguns políticos inescrupulosos e adeptos do "quanto pior, melhor" a informação “falsa” de que os salários do funcionalismo estariam atrasados há três meses. Segundo a nota, na verdade o atraso se restringe a 11 dias para 43,88% dos funcionários. Ou seja, dos mais de 3000 servidores municipais, apenas os que possuem salários mais altos ou comissionados estariam com atrasos.

Ainda segundo o texto, o prefeito espera a volta dos grevistas ao trabalho já a partir da próxima segunda-feira (23), evitando assim que os dias paralisados sejam descontados de seus vencimentos.

A nota divulgada pela assessoria do prefeito Silas Pereira, deixou os servidores em greve contrariados e a expectativa é de que, nos próximos dias, o movimento ganhe força com maior apoio Federação dos Servidores do Estado de Minas Gerais. 


Confira abaixo escala de pagamento proposta pela prefeitura e rejeitada pelo sindicato dos servidores municipais.
Salários de outubro
Pagamento em
R$ 1.500,00
25/11/2015
R$ 2.000,00
01/12/2015
R$ 2.500,00
04/12/2015
R$ 4.500,00
11/12/2015
* restante
17/12/2015
Salários de novembro
Pagamento em
R$ 1.000,00
22/12/2015
R$ 1.500,00
28/12/2015
R$ 4.500,00
30/12/2015
R$ 10.000,00
12/01/2016
*restante
15/01/2016
Salário de dezembro
Pagamentos seriam feitos no período de 08 a 25 de janeiro de 2016



Confira abaixo, na íntegra, a nota divulgada pela prefeitura.

NOTA OFICIAL DA PREFEITURA DE LAVRAS

SOBRE A GREVE DOS SERVIDORES MUNICIPAIS

Diante do quadro de greve de alguns servidores municipais desde o dia 10/11 e em função da série de boatos falsos que vem prejudicando os trabalhos da Prefeitura de Lavras em prol da população, a mesma vem a público esclarecer quer:

– É falsa a informação de que os salários estão atrasados há três meses, como querem fazer crer alguns políticos inescrupulosos e adeptos do "quanto pior, melhor";
– A verdade é que, hoje, o atraso se restringe a 11 dias para 43,88% dos funcionários. Ou seja, num universo de mais de 3000 servidores municipais, apenas os que possuem salários mais altos ou comissionados estão com atrasos.
Segundo dados do próprio Sindicato, menos de 400 servidores estão em estado de greve, o que representa uma pequena parcela do total do funcionalismo;
– Para estes, no dia 17/11, a Secretaria Municipal de Fazenda, Planejamento e Gestão prestou todos os esclarecimentos sobre a proposta de regularização, por meio do envio de uma tabela, com a previsão dos pagamentos;
– Na tarde desta quinta-feira (19/11), atendendo pedido dos próprios grevistas, o prefeito Silas Pereira recebeu o Comando de Greve para debater a proposta;
– Durante o encontro, o Comando de Greve solicitou pequenos ajustes na proposta apresentada pela Secretaria de Fazenda, sendo novamente atendido de imediato, desde que firmasse o compromisso de que os grevistas voltariam imediatamente aos trabalhos sem maiores prejuízos à população de Lavras;
– Importante esclarecer, que mesmo com uma parcela quase insignificante dos servidores em estado de greve, serviços como o transporte de crianças para as escolas na zona rural, fiscalizações fazendárias e alguns atendimentos na área de saúde estão prejudicados;
- Por fim, a Prefeitura de Lavras reafirma a intenção de cumprir todos os compromissos firmados com o Comando de Greve na reunião do dia 19/11 e espera o cumprimento do acordo para a volta dos grevistas ao trabalho, evitando assim que os dias paralisados dos mesmos sejam cortados de seus vencimentos já a partir da próxima segunda-feira (23/11).



21/11/15

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
14 Comentário(s)

14 comentários:

  1. Anônimo18:15

    maldito.

    ResponderExcluir
  2. Gilson18:27

    Esta gestão é sem noção , só fala em crise e que não tem dinheiro mas na verdade o que falta é competência mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo18:48

    As cheremzetes pira! kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo15:40

      E as silasquetes silascaram kkkkkk

      Excluir
  4. Anônimo09:44

    Infelizmente nos deparamos todos os dias com notícias que revelam o quanto é podre a política em Lavras e no país todo. Leis não servem para nada. Ninguém respeita, fazem o que querem, da maneira como entendem e não há punição, controle algum.

    ResponderExcluir
  5. Trabalhar parcelado também seria bom...hein Silas. Me ajuda aí!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo17:56

    O que mais me deixa enfurecido é a cambada de ASPONE que incha a máquina púbica... zero de competência, só sabem defender o "patrão" e acusar os opositores da péssima situação em que vivemos...

    ResponderExcluir
  7. Anônimo09:51

    É por favor,alguem sabe me disser por onde anda o vice prefeito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo09:18

      eu tambem quero saber, alguem sabe?

      Excluir
    2. Anônimo12:13

      O que importa? Vice não serve pra nada no Brasil.

      Excluir
  8. Anônimo11:22

    Como disse sabiamente o Silascado: que o Cherem volte daqui a 2 anos. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo08:15

      O cassado só em 2022..........

      Excluir
    2. Anônimo18:40

      cherem nao volta , mas silas..... tá difícil ele tá bem enrascado. 2016 será um mistério quem poderá ser o novo prefeito?

      Excluir
    3. Anônimo07:07

      Não sendo estes dois pode se qualquer um...

      Excluir