-->

Feira do Livro Espírita de Lavras vai até 17 de dezembro

A praça Dr. Augusto Silva será palco de mais uma edição da Feira do Livro Espírita de Lavras. Neste ano, o evento será entre os dias 2 e 17 de dezembro, com a montagem da tradicional barraca aberta ao público, das 7h às 22h, onde ficam expostos os livros espíritas de autores renomados. Como o objetivo da feira é a divulgação da Doutrina Espírita, as obras são vendidas sem fins lucrativos com preços promocionais.

No dia 2 de dezembro (sábado), às 20h, será a abertura oficial na Praça Dr. Augusto Silva, com a presença dos trabalhadores e frequentadores dos centros espíritas de Lavras e da região.

Feira do Livro Espírita acontece entre 02 e 17 de dezembro na Praça Dr. Augusto Silva - Foto: AME

A Feira do Livro Espírita de Lavras é realizada desde 1984, sem interrupções. Desde 21 de agosto de 1998 ela faz parte do calendário oficial do município, o que foi instituído pela Lei Municipal nº 2.434. É organizada pela Aliança Municipal Espírita de Lavras e envolve as sete Casas Espíritas filiadas à AME: Centro Espírita Augusto Silva, Centro Espírita Fraternidade, Centro Espírita Francisco de Paula Vitor, Grupo Espírita Allan Kardec, Grupo Espírita da Prece, Lar Espírita Fabiano de Cristo e Sociedade Espírita Ismael.

Em 2017, a Feira do Livro Espírita alcança sua 34ª edição e oferece mais de 1.000 títulos, entre eles, as obras básicas da codificação da Doutrina Espírita, livros psicografados por Chico Xavier, Divaldo Franco e Yvonne Pereira.

Mais informações

Para obter mais informações sobre a Feira do Livro Espírita basta procurar umas das Casas Espíritas
filiadas à AME, pelo telefone:(35) 99173‐4767 ou pelo e-mail amelavras@gmail.com.

27/11/17

Gostou? Então compartilhe!

Tags:

Comente esta notícia

LEIA AS REGRAS: Comentários que contenham palavrões, ofensas ou que não tenham relação com o assunto tratado na notícia podem ser deletados sem nenhum aviso. Em hipótese alguma faça propagandas de outros sites ou blogs. OBS: Os comentários dos leitores não refletem a opinião de O LAVRENSE
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários: