Lavras 175 anos - Aniversário sem festa

A cidade de Lavras completa nesta sexta-feira(13), 175 anos de emancipação político-administrativa sem nenhum grande evento comemorativo para marcar a data. Neste ano a “comemoração” do aniversário da cidade, nesta sexta-feira, se resumirá a uma solenidade cívica, ás 8 da manhã, com hasteamento de bandeiras na praça Leonardo Venerando, seguida de apresentação das bandas Euterpe Operária e Banda do Oitavo Batalhão.

Artistas da cidade ouvidos por O Lavrense, reclamam da falta de emprenho da administração municipal no sentido de aproveitar ocasiões como o aniversário da cidade, para valorizar as atividades culturais no município. “Todo ano é a mesma coisa, o aniversário da cidade é marcado por esse marasmo. Em outras cidades, as prefeituras contratam quem trabalha com cultura para projetos de inclusão social em bairros, associações e sindicatos, mas em Lavras nem no aniversário da cidade isso acontece, é uma vergonha“ diz o músico Antonio Dialuce .

Sem gestão profissional

Enquanto em Lavras a gestão da cultura deixa muita a desejar, na maior parte das cidades mineiras do mesmo porte as prefeituras estão apostando na profissionalização do gerenciamento como forma de otimizar eventos, firmar parcerias, descentralizar a cultura para os bairros periféricos e, sobretudo, valorizar quem trabalha com a cultura nos municípios. Lavras, por enquanto, anda na contra-mão desta realidade.

O jornal "O Estado de São Paulo" publicou ampla matéria na capa do Caderno Negócios, edição de ontem, onde a cultura é tratada como um business a ser explorado pelos municípios. O jornal mostrou que lidar com cultura não é mais um privilégio de artistas e curadores. Hoje, a profissionalização na gestão de museus, institutos e fundações culturais têm permitido a entrada de profissionais das mais variadas áreas nesse mercado, muitos dos quais lidam com as questões comuns a qualquer empresa, como captação de recursos, administração estratégica e liderança.

12/10/06
Postagem Anterior Próxima Postagem