MOTORISTAS DE MICRO ÔNIBUS EM LAVRAS RECLAMAM DO ACÚMULO DE FUNÇÕES

A maioria dos motoristas e usuários dos microônibus que estão circulando por Lavras não está satisfeita. Os condutores se queixam de exercer duas funções ao mesmo tempo: dirigir e cobrar a passagem. Os passageiros reclamam da demora na descida do veículo, já que o motorista tem que parar para receber o dinheiro, além de o microônibus não oferecer espaço reservado para gestantes, idosos e deficientes físicos.

Alguns motoristas alegam que o trabalho é duplicado e o salário é o mesmo de quem dirige apenas o ônibus convencional. Na opinião deles, nos veículos menores é ainda maior a chance de assaltos pelo fato do veículo ser menor e ter menos passageiros.

Por outro lado os passageiros reclamam da demora na hora de embarcar no microônibus, já que o motorista tem que parar para receber o dinheiro. O diâmetro da catraca também causa um certo desconforto na hora do embarque e desembarque nos microônibus que trafegam pela cidade.

A empresa responsável pelo serviço em Lavras alega que a utilização dos veículos menores, junto com os tradicionais, tem por finalidade aumentar a velocidade média do sistema, permitir ganho de tempo no deslocamento por parte do usuário, melhorar o acesso em áreas onde é necessário grande raio de giro e reduzir congestionamentos. Para os usuários insatisfeitos com o problema, tudo não passa de uma forma de as empresas reduzirem seus próprios custos.
Postagem Anterior Próxima Postagem