MORRE EM SÃO PAULO O RADIALISTA LAVRENSE ANTÔNIO CARVALHO

Faleceu na madrugada deste sábado (17) em São Paulo,vítima de leucemia, o radialista Antônio Carvalho, que Comandava o programa "Grande Sampa" na rádio Bandeirantes. Aos domingos, estava à frente do "Arquivo Musical".

Natural de Lavras, nasceu no dia 21 de Março de 1946. Começou como locutor na Rádio Cultura de Lavras, aos 13 anos de idade. Em 1968 se mudou para São Paulo com o propósito de cursar direito na USP e trabalhar na Rádio Bandeirantes.

Na Capital paulista trabalhou na Rádio Jovem Pan até setembro de 1969, quando então ingressou na Rádio Bandeirantes como locutor noticiarista neste mesmo ano, na equipe de Alexandre Kadunk - "Os Titulares da Notícia".

Em 1972, convidado pelo então diretor Hélio Ribeiro, produziu junto com Newton Miranda o programa "Bandeirantes Freqüência Balançada", apresentando-o das 21:00 às 23:00 horas. Foi o maior sucesso da noite, quando ainda não existia no Brasil estações de FM. Ficou no ar durante 13 anos.

De lá pra cá muita coisa aconteceu. Carvalho também apresentou um dos programas mais antigos da Rádio Bandeirantes (há mais de 28 anos), o "Arquivo Musical", ainda hoje transmitido aos domingos pela emissora. Nos últimos anos a leucemia o afastou diversas vezes do trabalho de radialista, até que no dia 8 de abril Antônio Carvalho apresentou pela última vez o noticiário da madrugada "Grande Sampa". Na ocasião, já estava debilitado pelo tratamento da doença e teve que ficar internado.
Postagem Anterior Próxima Postagem